F3 Espanhola: Jimenez começa bem na Espanha

No primeiro treino da rodada que marca o início da segunda metade da temporada, piloto brasileiro da Racing Engineering fica em 2º.

O brasileiro Sérgio Jimenez começou andando forte no que os europeus estão considerando como uma espécie de segundo turno do Campeonato Espanhol de Fórmula 3. Nesta quinta-feira, nos treinos preparatórios da quinta rodada dupla do ano, Jimenez cravou o segundo tempo mais rápido, deixando para trás seus principais rivais na briga pelo título: o experiente argentino Ricardo Risatti e seu companheiro da equipe TEC Auto, Máximo Cortés. A volta mais rápida do dia foi assinalada pelo espanhol Marco Barba, da equipe GTA, sexto colocado na pontuação.

As provas do fim de semana acontecerão no circuito de Albacete, situado entre a capital Madri e a cidade de Valência. A rodada dupla valerá pela 9ª e 10ª etapas do torneio e, após um intervalo de dois meses sem corrida, é considerada o primeiro encontro da segunda fase da competição, que no total terá oito rodadas duplas – ou 16 corridas. Apesar de estreante, Jimenez está em 3º lugar, com 43 pontos, contra 45 de Cortés e 58 de Risatti.

Mas o que os treinos desta quinta feira já começaram a mostrar – e o que os observadores do torneio já esperavam – é um Sérgio Jimenez mais forte nesta segunda metade do Campeonato, uma vez que o brasileiro já superou muitas das dificuldades de aprendizagem oferecidas pelo Fórmula 3, um carro que oferece grande variedade de regulagens e opções de acerto, construído para ser mesmo um estágio especial na carreira de quem sonha com a Fórmula 1.

Sob calor de 32 graus, Marco Barba obteve a marca de 1min24s02 para os 3.539 metros de Albacete. A própria concorrência admite que o piloto da equipe GTA Racing cravou uma excelente marca, mas todos sabem que os tempos devem baixar muito até sábado, quando será realizada a tomada de tempos para formação do grid: “Eu mesmo poderia ter sido uns dois décimos mais veloz”, diz Jimenez, que cravou 1:24.41, portanto quatro décimos de segundo mais lento que o espanhol. “O problema é que quando coloquei meu jogo de pneus novos para tentar meu melhor tempo acabei pegando muito tráfego. Isso me prejudicou bastante. Mas de outro lado sei que com pista limpa vou encostar no Marco e, com a melhora do nosso acerto, terei condições de brigar pelo melhor tempo já nesta sexta-feira”, continua o brasileiro. O líder Ricardo Risatti ficou com a quarta melhor marca (1:24.51). Parceiro de equipe de Jimenez, o francês Nicolas Prost (filho de Alain Prost e quinto colocado no torneio) estabeleceu o quinto tempo do dia (1:24.62).

Nesta sexta-feira os pilotos realizarão duas sessões de treinos livres, com 30 minutos de duração cada. “O tempo é curto para mexermos no carro. Por isso, vamos discutir ainda nesta quinta-feira o que poderemos experimentar amanhã”, detalha Jimenez. “Ainda bem que meu carro já está bem equilibrado. Agora é só partir para um ajuste mais fino, mexer em pequenos detalhes”, finaliza o piloto brasileiro da equipe Racing Engineering.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *