F3 Inglesa: Jean-Eric Vergne é Campeão com seis provas de antecedência

O francês Jean-Eric Vergne (Carlin) sagrou-se Campeão Inglês de F-3 de 2010 com duas etapas (seis provas) de antecedência. O francês garantiu o título ao vencer a 3ª prova da 10ª rodada tripla, disputada no domingo (15/08), em Silverstone, na Inglaterra. O inglês James Calado e o brasileiro Adriano Buzaid, parceiros de equipe de Vergne, foram os vencedores das duas primeiras provas da etapa.

Prova 1:

No sábado (14/08), Calado venceu a primeira prova, que começou com pista seca e teve uma seqüência de temporais durante os 30 minutos de corrida. Vergne foi o 2º, seguido pelo brasileiro Lucas Foresti, também da Carlin, que conquistou o seu primeiro pódio na categoria.

A prova começou com pista seca, com os pilotos usando pneus slick. Contudo uma serie de temporais causou uma grande confusão, deixando a pista muito escorregadia, com alguns pilotos trocando os pneus para os de chuva.

Após uma largada ruim, Calado foi recuperando posições alcançando o segundo lugar quando a pista já estava bastante molhada. Depois de várias voltas lado a lado com Vergne, o inglês assumiu a liderança coma saída de pista do parceiro de equipe.

Calado abriu vantagem nas voltas seguintes, vencendo pela quarta vez no ano. Sete segundos atrás, Vergne foi o 2º. A disputa pelo terceiro lugar foi um duelo brasileiro entre Foresti, Buzaid e Felipe Nasr (Raikkonen Robertson), vencido pelo primeiro. O sueco Rupert Svendsen-Cook (Carlin) fechou os seis primeiros

Entre os outros três brasileiros na prova, Gabriel Dias (Hitech), um dos que trocou os pneus para os de chuva, terminou em 11º, uma posição depois da zona de pontos. O estreante Yann Cunha (Manor) terminou em 20º. Pietro Fantin (Hitech), de apenas 16 anos, estreando na Classe principal, abandonou na 3ª volta.


Final, Prova 1:

1 – James Calado (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 16 voltas em 30’48″609
2 – Jean Eric Vergne (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 7″193
3 – Lucas Foresti (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 21″568
4 – Adriano Buzaid (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 22″750
5 – Felipe Nasr (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 23″625

6 – Rupert Svendsen-Cook (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 32″643
7 – Carlos Huertas (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 33″675
8 – Daniel McKenzie (Dallara-Mercedes) – Fortec – 34″528
9 – Oliver Webb (Dallara-Mercedes) – Fortec – 41″877
10 – Daisuke Nakajima (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 1’11″873
11 – Gabriel Dias (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 1’19″136
20 – Yann Cunha (Dallara-Mercedes) – Manor – 1 volta
Ab- Pietro Fantin (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 3 voltas

Volta mais rápida: Jean-Eric Vergne 1’41″258

Prova 2:

No domingo (15/08), Buzaid venceu pela primeira vez no ano, seguido pelo colombiano Carlos Huertas (Raikkonen Robertson) e Vergne. Foi a segunda vitoria de Buzaid na categoria.

Com o grid reverso para a prova curta de domingo, Huertas alinhou na pole-position. O colombiano manteve a ponta nas primeiras voltas, fazendo o seu pit stop obrigatório na 4ª volta. Com pista livre Buzaid emendou uma seqüência de voltas rápidas, assumindo a liderança em seu retorno a pista, após a sua parada.                  

Buzaid venceu com 2s690 de vantagem sobre Huertas.

Vergne foi o 3º, após superar Nasr a quatro voltas do fim. Nasr terminou em 4º, seguido por Calado. Svendsen-Cook foi novamente 6º.

Os outros brasileiros ficaram fora da zona de pontos. Foresti foi o 12º, Dias, 14º, Fantin, 21º e Cunha o 22º colocado.

Final, Prova 2:

1 – Adriano Buzaid (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 11 votlas em 19’08″094
2 – Carlos Huertas (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 2″690
3 – Jean Eric Vergne (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 3″453
4 – Felipe Nasr (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 4″541
5 – James Calado (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 6″205
6 – Rupert Svendsen Cook (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 14″767
7 – Oliver Webb (Dallara-Mercedes) – Fortec – 15″272.
8 – Jazeman Jaafar (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 15″786
9 – Hywel Lloyd (Dallara-Mercedes) – Manor – 17″512
10 – Daniel McKenzie (Dallara-Mercedes) – Fortec – 19″210
12 – Lucas Foresti (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 25″110
14 – Gabriel Dias (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 31″978
21 – Pietro Fantin (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 50″043
22 – Yann Cunha (Dallara-Mercedes) – Manor – 52″226

Volta mais rápida: Carlos Huertas 1’41″621

Prova 3:

Com a sua 12ª vitória no ano, Vergne se tornou o primeiro francês a vencer o Inglês de F-3. Buzaid terminou em 2º, com o inglês Oliver Webb (Fortec) em 3º.

Pole-position Vergne manteve a ponta na largada. No final da primeira volta o Safety-Car foi acionado após a batida do russo Max Snegirev (Fortec). Na 4ª volta a prova recomeçou.
 
Buzaid ainda pressionou Vergne durante a prova, chegando a colar no carro do francês, que, contudo manteve o controle, para vencer com 1s212 de vantagem. Webb, que chegou a Silverstone como principal rival de Vergne na luta pelo titulo, mas conquistou apenas um 9º e um 7º nas duas provas anteriores, completou o pódio.

Calado foi o 4º, seguido por Foresti e Svendsen-Cook, que foi 6º pela terceira vez consecutiva. Dias terminou em 7º, marcando os seus únicos pontos no final de semana. Nasr foi o 12º, com os novatos Cunha e Fantin, na 22ª e 23ª posições.

Vergne, Campeão antecipado, soma 344 pontos. Calado, com 230, Webb, 213 e Buzaid, com 170, disputam o vice-campeonato.

A próxima e penúltima rodada tripla será disputada nos dias 27, 28 e 29 de agosto em Snetterton.

Final, Prova 3:

1 – Jean Eric Vergne (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 23 voltas em 41’01″289
2 – Adriano Buzaid (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 1″212
3 – Oliver Webb (Dallara-Mercedes) – Fortec – 6″234
4 – James Calado (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 7″280
5 – Lucas Foresti (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 20″222
6 – Rupert Svendsen-Cook (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 24″772
7 – Gabriel Dias (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 25″895
8 – Alex Brundle (Dallara-Volkswagen) – T Sport – 29″188
9 – William Buller (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 29″981
10 – Daniel McKenzie (Dallara-Mercedes) – Fortec – 30″678
12 – Felipe Nasr (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 34″385
22 – Yann Cunha (Dallara-Mercedes) – Manor – 1’19″141
23 – Pietro Fantin (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 1’21″452

Volta mais rápida: Jean Eric Vergne 1’41″235

Campeonato:

1.Vergne 344; 2.Calado 230; 3.Webb 213; 4.Buzaid 170; 5.Dias 113.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *