F3 Inglesa: Oli Webb vence duas e assume liderança do campeonato

O inglês Oli Webb (Fortec), com duas vitórias, assumiu a liderança do campeonato após a disputa da disputa da terceira rodada tripla da temporada, em Magny-Cours, na França. Webb soma 115 pontos, dois a mais do que o francês Jean-Eric Vergne (Carlin) o antigo líder.

Prova 1:

No sábado (22/05), Webb, de 19 anos, aproveitou um erro do pole-position Vergne na largada, assumindo a ponta, para não mais perder. Foi a primeira vitória de Webb, que é estreante na categoria. A dupla da Hitech, o brasileiro Gabriel Dias e o inglês Williams Buller completaram o pódio.

Vergne, que caiu para 15º, fez uma grande prova de recuperação, cruzando na 4ª posição. o colombiano Carlos Huertas (Raikkonen) e o inglês James Calado ( Carlin) fecharam os seis primeiros.

Entre os outros três brasileiros no campeonato, Adriano Buzaid (Carlin) foi o 8º. Felipe Nasr (Raikkonen) e Lucas Foresti (Carlin) abandonaram. Foresti não completou uma volta, após um toque com o inglês Alex Brundle (T-Sport).

Final, prova 1:

1 – Oli Webb (Dallara-Mercedes) – Fortec – 19 voltas em 30’20 “722
2 – Gabriel Dias (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 5 “955
3 – William Buller (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 8 “721
4 – Jean Eric Vergne (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 9 “127
5 – Carlos Huertas (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 16 “813
6 – James Calado (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 17 “251
7 – Jazeman Jaafar (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 24 “184
8 – Adriano Buzaid (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 24 “548
9 – Daisuke Nakajima (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 26 “282
10 – Jay Bridger (Dallara-Mercedes) – Litespeed – 27 “942
Ab – Felipe Nasr (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 7 voltas
Ab – Lucas Foresti (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 0 volta

Volta mais rápida: Oli Webb 1’34 “816

Prova 2:

Dias venceu a segunda prova, contudo foi punido com o acréscimo de um minuto ao seu tempo, por ter queimado a relargada, caindo para a 17ª posição. A equipe de Dias recorreu da punição, que deu a vitoria para Vergne.

Um acidente entre Calado e seu parceiro de equipe, o malaio Jazeman Jaafar, que largou na pole, acionou a bandeira amarela. Na relargada Dias ultrapassou Vergne. Na penúltima volta o francês retomou a liderança, com Dias novamente ultrapassando o rival, cruzando em primeiro lugar.

“Tive um bom começo de prova, passei muitos carros e já estava em segundo quando aconteceu um acidente. Na relargada, acelerei mais rápido do que todo mundo, e a câmera onboard mostra que não queimei a largada. Apresentamos o vídeo ao Diretor de Prova e ao Presidente da Fota, eles viram que eu estava certo e estão do meu lado. Agora estamos lutando para reverter a decisão dos comissários de prova, o que não é nada fácil”, comentou Gabriel.

“Basta ver o vídeo para ver que eu não queimei a largada. Vamos lutar para que a verdade prevaleça”, continuou o piloto. “O mais importante foi ter conquistado a vitória. Mostramos um bom desempenho, conquistamos ótimos resultados e isso nos traz confiança para a sequência da temporada”, disse.

Jaafar, que terminou em 3º, acabou excluído da prova, pela batida com Calado.

Vergne foi declarado o vencedor, com Webb em segundo, e Buller na 3ª posição. O japonês Daisuke Nakajima (Raikkonen) terminou em 4º, seguido pelo inglês Hywel Lloyd (CF/Manor). Nasr foi o 6º com Foresti na 7ª posição e Buzaid em 11º.

Final, prova 2:

1 – Jean-Eric Vergne (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 7 voltas em 11’14″889
2 – Oli Webb (Dallara-Mercedes) – Fortec – 4″237
3 – William Buller (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 5″069
4 – Daisuke Nakajima (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 6″607
5 – Hywel Lloyd (Dallara-Mercedes) – CF/Manor – 6″977
6 – Felipe Nasr (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 7″152
7 – Lucas Foresti (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 7″602

8 – Daniel McKenzie (Dallara-Mercedes) – Fortec – 8″662
9 – Jay Bridger (Dallara-Mercedes) – Litespeed – 9″164
10 – Rupert Svendsen-Cook (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 9″735
11 – Adriano Buzaid (Dallara-Volkswgen) – Carlin – 13″740
17 – Gabriel Dias (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 59″300 *

*Punido em um minuto
Volta mais rápida: Jean-Eric Vergne 1’35″378

Prova 3:

Webb venceu de ponta a ponta a terceira prova da etapa. Vergne andou a prova inteira na cola de Webb, esperando por um erro do inglês, cruzando a linha de chegada 0s682 atrás. Dias fechou o pódio.

Calado chegou em 4º, seguido pelos compatriotas, Daniel McKenzie (Fortec) e Rupert Svendsen-Cook (Carlin).

Nasr foi o 7º, com Foresti na 9ª posição e Buzaid em 11º.

A quarta rodada acontece no circuito de Hockenheim, na Alemanha, já no próximo final de semana (29 e 30/05).

Final, prova 3:

1 – Oli Webb (Dallara-Mercedes) – Fortec – 25 voltas em 40’00″344
2 – Jean-Eric Vergne (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 0″682
3 – Gabriel Dias (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 21″401
4 – James Calado (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 22″258
5 – Daniel McKenzie (Dallara-Mercedes) – Fortec – 28″531
6 – Rupert Svendsen-Cook (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 35″948
7 – Felipe Nasr (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 36″485
8 – Hywel Lloyd (Dallara-Mercedes) – CF/Manor – 44″046
9 – Lucas Foresti (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 46″237
10 – Jazeman Jaafar (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 48″578
11 – Adriano Buzaid (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 58″053
Volta mais rápida: Oli Webb 1’35″449

Campeonato
1.Webb 115; 2.Vergne 113; 3.Calado 67; 4.Dias 59; 5.Buzaid 52.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *