F3 Inglesa: Pela Classe Nacional, Gabriel Dias estréia com segundo lugar em Oulton Park

Brasileiro, que também registrou uma pole no fim de semana, começa bem na National Class.

O início de Gabriel Dias no Campeonato Inglês de Fórmula 3, nesta segunda-feira (13) em Oulton Park, teve um pódio e um susto. Na rodada dupla que abriu o campeonato britânico, o piloto curitibano, que compete pela equipe T-Sport, conquistou um segundo lugar na primeira corrida do confronto na National Class – divisão de base da categoria. Na prova complementar, contudo, o brasileiro foi envolvido em um acidente logo na primeira curva. Seu companheiro de equipe, Wayne Boyd, que disputa a divisão International, escapou sem controle pela grama, voltou ao traçado e acertou em cheio a roda traseira esquerda do Dallara-Mugen Honda de Gabriel Dias. O carro do brasileiro foi jogado para fora, indo parar na área de escape.

O piloto brasileiro, que largou da pole position na National Class, não sofreu qualquer ferimento. “Eu havia feito uma ótima largada, faturei duas posições e no meio da primeira curva o Wayne vinha pelo lado de fora, mas passou com um dos pneus na grama. Com a manobra, ele perdeu a tração e também o controle do carro. Seu F3 veio na minha direção e acertou a minha roda traseira, enquanto eu estava acelerando, e aí meu carro foi jogado para fora, e ficou totalmente danificado”, narrou Dias.

O jovem brasileiro de 18 anos fez em Oulton Park a sua reestréia nas corridas após um acidente em Spa-Francorchamps, na Bélgica, no ano passado. Na ocasião, o piloto fraturou três vértebras, ainda correndo pela Fórmula Renault Européia. Como resultado, Gabriel ficou seis meses longe dos carros de competição.

“A batida de hoje foi um grande susto, mas estou muito bem. Não aconteceu nada de grave e estou bastante tranquilo. Foi uma pena porque eu já estava três carros à frente do Daniel McKenzie, que é o meu principal adversário na National Class”, lamentou Gabriel. “Na corrida inicial o carro não rendia muito bem, por isso foi um tanto difícil. Como eu não conseguia alcançar o McKenzie, optei pela estratégia de somar os pontos da segunda colocação – que podem ser muito importantes no futuro – para na prova de hoje tentar superá-lo. Estava dando certo, até eu ser acertado pelo Wayne”, explicou.

Gabriel, com o abandono, viu-se superado pelo russo Max Snegirev na pontuação da divisão base. “Eu acho que daria para vencer na National, porque, ao contrário da primeira prova, o carro estava muito bom e eu estava confiante. Agora, com o carro bastante danificado depois do acidente, tenho que esperar que a equipe faça um bom trabalho, recuperando-o a tempo de testarmos esta semana em Silverstone”, afirmou o piloto curitibano.

A equipe T-Sport tem agendado um teste com seus pilotos nesta quinta-feira (16) no tradicional circuito de Silverstone. A próxima rodada da Fórmula 3 Inglesa acontece em Donington Park, no dia 26 de abril.

Confira a pontuação da divisão National Class da F3 Inglesa após a primeira rodada dupla:

1º) Daniel McKenzie (ING) – 42 pontos
2º) Max Snegirev (RUS) – 27
3º) Gabriel Dias (BRA) – 15
4º) Victor Correa (BRA) – 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *