F3 Inglesa: Silverstone encerra a temporada

Silverstone, na Inglaterra, recebeu a 10ª e última etapa da temporada. O dinamarquês Kevin Magnussen (Carlin), o britanico Alexander Sims (Motopark) e o colombiano Carlos Huertas (Carlin) foram o vencedores das provas.

Prova 1:

No sábado (08/10), Magnussen venceu a primeira prova. O australiano Scott Pye (Double R) e o brasileiro Felipe Nasr (Carlin), campeão antecipado da temporada, completaram o pódio.

Pole-position Magnussen venceu de ponta a ponta, com oito segundos de vantagem sobre Pye. Nasr foi o 3º.

O malaio Jazeman Jaafar (Carlin) terminou em 4º, seguido pelo brasileiro Lucas Foresti (Fortec) e o britânico William Buller (Fortec).
 
Entre os outros quatro brasileiros na prova, Pietro Fantin (Hitech) foi o 9º, Pipo Derani (Double R) 14º, Yann Cunha (T Sport) 15º e o estreante Guilherme Silva (Hitech) o 17º.

Final, prova 1:

1 – Kevin Magnussen (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 15 voltas em 28’34″986
2 – Scott Pye (Dallara-Mercedes) – Double R – 8″028
3 – Felipe Nasr (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 9″376
4 – Jazeman Jaafar (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 10″558
5 – Lucas Foresti (Dallara-Mercedes) – Fortec – 14″907
6 – William Buller (Dallara-Mercedes) – Fortec – 23″027
7 – Carlos Huertas (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 23″449
8 – Alexander Sims (Dallara-Volkswagen) – Motopark – 24″044
9 – Pietro Fantin (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 24″556
10 – Jack Harvey (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 25″619
11 – Hywel Lloyd (Dallara-Mercedes) – Sino Vision – 29″948
12 – Harry Tincknell (Dallara-Mercedes) – Fortec – 36″945
13 – Bart Hylkema (Dallara 307-Mugen) – T Sport – 37″705
14 – Pipo Derani (Dallara-Mercedes) – Double R – 40″705
15 – Yann Cunha (Dallara-Volkswagen) – T Sport – 41″027

16 – Max Snegirev (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 45″288
17 – Guilherme Silva (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 47″267
18 – Adderly Fong (Dallara-Mercedes) – Sino Vision – 56″437
19 – Menasheh Idafar (Dallara-Volkswagen) – T Sport – 56″688
20 – Rupert Svendsen-Cook (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 1’00″372
21 – Kotaru Sakurai (Dallara 305-Mugen) – Hitech – 1’08″097

Volta mais rápida: Kevin Magnussen 1’53″728

Abandonos:

Mitch Evans (Dallara-Mercedes) – Double R – 6 voltas
Rupert Svendsen-Cook (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 1 volta

Prova 2:

No domingo (09/10), Sims venceu a segunda prova. Foresti e Fantin completaram o pódio.

Com a pista molhada, mas secando no decorrer da prova, Sims (que disputou a prova em preparação para o GP de Macau), assumiu a ponta na 3ª volta, ao superar Foresti.

Sims (um dos que trocou os pneus para os de chuva antes da prova) passou a rodar cerca de um segundo mais rápido do que Foresti. Isso permitiu manter a vantagem, quando os pneus slicks, de Foresti, passaram a ser mais rápidos, nas voltas finais. Ele recebeu a bandeirada com 7s8 de vantagem sobre o brasileiro. Fantin, que largou na pole, foi o 3º.

O britânico Menasheh Idafar (T Sport) terminou em 4º. Derani e o britânico Jack Harvey (Carlin) fecharam os seis primeiros. Nasr foi o 7º, Cunha o 10º, e Silva o 14º.

Final, prova 2:

1 – Alexander Sims (Dallara-Volkswagen) – Motopark – 10 voltas em 21’39″508
2 – Lucas Foresti (Dallara-Mercedes) – Fortec – 7″897
3 – Pietro Fantin (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 14″187

4 – Menasheh Idafar (Dallara-Volkswagen) – T Sport – 18″593
5 – Pipo Derani (Dallara-Mercedes) – Double R – 28″037
6 – Jack Harvey (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 28″597
7 – Felipe Nasr (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 28″609
8 – Kevin Magnussen (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 29″948
9 – Carlos Huertas (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 38″211
10 – Yann Cunha (Dallara-Volkswagen) – T Sport – 40″214
11 – Mitch Evans (Dallara-Mercedes) – Double R – 41″811
12 – William Buller (Dallara-Mercedes) – Fortec – 44″270
13 – Max Snegirev (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 44″377
14 – Guilherme Silva (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 53″041
15 – Rupert Svendsen-Cook (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 53″332
16 – Harry Tincknell (Dallara-Mercedes) – Fortec – 1’01″151
17 – Adderly Fong (Dallara-Mercedes) – Sino Vision – 1’03″419
18 – Kotaru Sakurai (Dallara 305-Mugen) – Hitech – 1’09″040
19 – Jazeman Jaafar (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 1’15″127
20 – Scott Pye (Dallara-Mercedes) – Double R – 1’42″334

Volta mais rápida: Kevin Magnussen 2’05″911

Abandonos:

Rupert Svendsen-Cook (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 2 voltas
Hywel Lloyd (Dallara-Mercedes) – Sino Vision – 1 volta
Bart Hylkema (Dallara 307-Mugen) – T Sport – 1 volta

Prova 3:

Huertas venceu a última prova do ano. Magnussen foi o 2º, seguido pelo britânico Rupert Svendsen-Cook, com a Carlin fazendo a trinca no pódio.

Huertas superou o pole Magnussen na largada, com os dois fazendo uma intensa disputa pela vitória nas 20 voltas da prova. O colombiano recebeu a bandeirada com 0s5 de vantagem.

Svendsen-Cook aproveitou a colisão entre Nasr e o russo Max Snegirev (Hitech) na volta inicial, para assumir a 4º posição. Na 5ª volta o britânico superou Foresti, pelo terceiro lugar, garantindo a última vaga no pódio. Na volta seguinte Foresti rodou, caindo para 6º.
   
O neozelandês Mitch Evans (Double R) foi o 4º, seguido por Buller. Fantin terminou em 8º, Derani em 12º e Cunha na 15ª posição. Silva abandonou na 12ª volta e Nasr na 8ª.

Nasr foi o campeão com 318 pontos. Magnussen ficou com o vice, com 237 pontos. Huertas foi o 3º com 222, seguido por Buller, com 197 e Svendsen-Cook com 191. Jaafar foi o 6º com 187.

Foresti terminou em 7º com 170, Fantin o 8º com 119, Derani 15º com 36, Pedro Nunes 19º com 10. Cunha e Guilherme não pontuaram.

O japonês Kotaru Sakurai (Hitech) foi o campeão na Classe Nacional. 

Final, prova 3:

1 – Carlos Huertas (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 20 voltas em 38’36″042
2 – Kevin Magnussen (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 0″510
3 – Rupert Svendsen-Cook (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 5″613
4 – Mitch Evans (Dallara-Mercedes) – Double R – 10″015
5 – William Buller (Dallara-Mercedes) – Fortec – 15″790
6 – Lucas Foresti (Dallara-Mercedes) – Fortec – 23″039
7 – Alexander Sims (Dallara-Volkswagen) – Motopark – 23″341
8 – Pietro Fantin (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 23″685
9 – Jazeman Jaafar (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 24″149
10 – Hywel Lloyd (Dallara-Mercedes) – Sino Vision – 29″758
11 – Harry Tincknell (Dallara-Mercedes) – Fortec – 33″805
12 – Pipo Derani (Dallara-Mercedes) – Double R – 37″669
13 – Menasheh Idafar (Dallara-Volkswagen) – T Sport – 41″913
14 – Bart Hylkema (Dallara 307-Mugen) – T Sport – 43″193
15 – Yann Cunha (Dallara-Volkswagen) – T Sport – 46″518
16 – Adderly Fong (Dallara-Mercedes) – Sino Vision – 47″493
17 – Scott Pye (Dallara-Mercedes) – Double R – 47″822
18 – Jack Harvey (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 48″466
19 – Fahmi Ilyas (Dallara-Mercedes) – Fortec – 1’12″577
20 – Kotaru Sakurai (Dallara 305-Mugen) – Hitech – 1’54″772

Volta mais rápida: Kevin Magnussen 1:55.170

Abnadonos:

Guilherme Silva (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 12 voltas
Felipe Nasr (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 8 voltas

 Max Snegirev (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 1 volta

Campeonato:

1.Nasr 318 pontos; 2.Magnussen 237; 3.Huertas 222; 4.Buller 197; 5.Svendsen-Cook 191; 6.Jaafar 187; 7.Foresti 170; 8.Fantin 119; 9.Harvey 112; 10.Pye 81.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *