F3 Japonesa: Rafael Suzuki se mantém em terceiro no campeonato depois da rodada em Motegi

Brasileiro conquista um sexto e um quarto lugares em provas marcadas pela dificuldade de ganhar posições

O Campeonato Japonês de Fórmula 3 teve no último final de semana, entre os dias 06 e 08, a sua quinta rodada dupla da temporada – valendo a 9ª e a 10ª etapas do campeonato no circuito de Motegi. Duas corridas que, além de terem sido praticamente definidas no treino classificatório, mantiveram o brasileiro Rafael Suzuki na terceira colocação do campeonato – e na briga pela vice-liderança.

Em um traçado estreito, as ultrapassagens foram raras durante as duas corridas. Aconteceram, basicamente, quando algum piloto cometia um deslize. E prejudicaram que, apesar de ter um bom rendimento durante a prova, não tinha se classificado bem no grid de largada.

Rafael Suzuki foi um dos pilotos cujo carro tinha desempenho melhor durante a prova. Partindo da segunda fila do grid nas duas provas, o brasileiro terminou o final de semana com um sexto e um quarto lugares.

“Basicamente Motegi é classificação”, resumiu Suzuki. “Meu carro tinha um ritmo muito bom com pneus usados, mas não foi tão competitivo com pneus novos na tomada de tempos. Também não consegui ganhar posições na largada e isso dificultou as corridas, que foram chatas como são as provas de Fórmula 3 nessas características”, comentou o brasileiro.

Na primeira prova, com uma pilotagem mais agressiva para tentar ganhar posições, Suzuki acabou perdendo terreno e terminou em sexto lugar. Já na segunda prova, mesmo com um desgaste excessivo dos pneus traseiros – e sem conseguir um ritmo bom do carro – Rafael se manteve na quarta posição.

“No final os resultados não foram exatamente o que nós esperávamos depois da evolução que conseguimos nas rodadas anteriores. Agora é importante esquecer esse final de semana sem pódio e pensar na próxima corrida. Será em uma pista com características bem diferentes dessa de Motegi, então temos de continuar o trabalho para brigar pelo vice-campeonato”, avaliou o piloto da equipe Tom’s.

Com as duas vitórias do final de semana, o japonês Yuji Kunimoto abriu ainda mais vantagem na liderança da competição. Agora ele soma 118 pontos contra 54 do vice-líder, Yuhi Sekiguchi. Rafael Suzuki aparece logo em seguida na tabela de pontos, com 41. Veja como terminou a etapa de Motegi da Fórmula 3 Japonesa e como fica a pontuação dos pilotos:

Resultado – 9ª etapa
1- Yuji Kunimoto
2- Yuhi Sekiguchi
3- Hideki Yamauchi
4- Koki Saga
5- Alexandre Imperatori
6- Rafael Suzuki
7- Naoya Gamou
8- Takashi Kobayashi
9- Daiki Sasaki
10- Kimiya Sato

Resultado – 10ª etapa
1- Yuji Kunimoto
2- Yuhi Sekiguchi
3- Hideki Yamauchi
4- Rafael Suzuki
5- Alexandre Imperatori
6- Koki Saga
7- Naoya Gamou
8- Gary Thompson
9- Katsumasa Chiyo
10- Daiki Sasaki

Classificação do campeonato após 10 etapas
1- Yuji Kunimoto, 118 pontos
2- Yuhi Sekiguchi, 54
3- Rafael Suzuki, 41
4- Alexandre Imperatori, 36
5- Koki Saga, 32
6- Hideki Yamauchi, 10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *