IndyCar: Vitor Meira diz que 15º lugar em Mid-Ohio foi “mais um passo”

Brasileiro da A.J. Foyt Racing relata corrida difícil depois de largar em 24º e avalia que “não dá para reclamar”

Para Vitor Meira, a 12ª etapa da temporada da Fórmula Indy representou “mais um passo” no trabalho de sua equipe, a A.J.Foyt Racing, para voltar a ter resultados expressivos na categoria. O piloto brasileiro foi 15º colocado na corrida, disputada no último domingo (8), depois de largar em 24º. “Não dá para reclamar muito de qualquer dia em que você ganha nove posições numa pista difícil para ultrapassar como a de Mid-Ohio”, comentou.

Foi uma corrida em que o trabalho nos boxes funcionou bem para Meira. No primeiro pit stop, na 32ª das 85 voltas, durante a bandeira amarela causada pelo acidente entre E.J. Visto e Justion Wilson, saltou de 21º para 19º. O segundo pit stop aconteceu na volta 56. Manteve-se em 18º. “Nas duas paradas a equipe conseguiu fazer todo o trabalho em menos de oito segundos, estamos melhorando também no trabalho nos boxes”, observou.

Meira herdou as posições de Hideki Mutoh e Graham Rahal, passando a 16º, e passou a 15º na relargada da 66ª volta, mantendo a posição até o final. “Foi uma corrida desgastante e bem complicada. O importante foi que aprendemos um pouco de coisas a mais para o próximo ano. Quando mais difícil são as corridas da Indy eu sinto que nós damos mais passos para voltar ao primeiro time. Em Mid-Ohio nós demos mais um passo”, falou o brasileiro.

Com o 15º lugar em Mid-Ohio, Meira caiu de 12º para 15º na classificação do campeonato da Indy, agora com 220 pontos. A liderança é do australiano Will Power, da Penske, segundo na corrida, que foi a 461 pontos. O vencedor escocês Dario Franchitti, da Ganassi, é vice-líder, com 420. A 13ª das 17 etapas previstas no calendário está confirmada para dia 22 de agosto em Sonoma, na Califórnia, no circuito misto do Infineon Raceway.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *