F3 Japonesa: Streit promete mais agressividade em Suzuka

Se depender das expectativas, o bom desempenho do brasileiro Roberto Streit nas próximas etapas da Fórmula 3 Japonesa, que acontecem neste final de semana, dias 15 e 16 de abril, em Suzuka, está garantido.


O piloto promete ser mais agressivo na classificação e na corrida para chegar à vitória.

“Temos condições de largar da primeira fila e é lá que devemos estar. Esperamos o melhor resultado possível e todos da equipe estão muito confiantes nas duas corridas deste final de semana”, destacou Streit.

Segundo o piloto, da Inging Motorsports, desta vez e equipe resolveu mudar um pouco o acerto do carro, tentando algo diferente que, teoricamente, ajudará a performance ainda mais. Mas o risco é calculado. “Caso não fique como esperamos, teremos tempo suficiente para voltar ao acerto que usamos em Fuji durante os treinos coletivos, que acontecem nesta sexta-feira.”

Para Streit, Suzuka é uma das pistas mais difíceis do mundo, mas ele sempre conseguiu tirar o máximo de cada situação dentro dela. “O carro deve estar bom como sempre, mas, lá, o piloto pode fazer a diferença. É uma pista única, mágica e que dá a sensação de que você está correndo num circuito de rua. A cada curva você sente um frio na barriga, o coração dispara, é difícil explicar. Mas eu me sinto muito bem lá.”

O histórico do piloto em Suzuka pode ser outro fator a seu favor. Na 12ª etapa da temporada 2005 do campeonato, última disputada no circuito, o brasileiro conseguiu uma vitória, mesmo correndo debaixo de chuva.

O piloto, de 22 anos, tem 10 pontos e é o sétimo colocado na classificação geral do campeonato – depois de ter ficado em quarto lugar na primeira etapa e, por conta de uma batida, ter abandonado a prova na segunda, ambas realizadas em Fuji. O primeiro lugar é do japonês Kazuya Oshima, com 32 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *