F3: Pilotos da França e do Brasil arriscam palpites para o jogo deste sábado

Só mesmo a proximidade da partida entre Brasil e França pela Copa do Mundo seria capaz de fazer dois pilotos de automobilismo conversarem sobre futebol em um fim de semana de corrida. O jogo de amanhã entre as seleções campeãs dos dois últimos mundiais foi o assunto principal do primeiro bate-papo entre o francês Yvan Muller, vice-líder do WTCC, e o brasileiro Luiz Razia, vice-líder da F3 Sul-Americana, no Autódromo Internacional de Pinhais, na Grande Curitiba, nesta sexta-feira.

Razia e Muller, que são destaque em suas respectivas categorias, se conheceram por intermédio de um amigo comum no intervalo dos treinos livres desta sexta-feira (30) e, embora Razia seja o recordista da pista paranaense para carros da Fórmula 3, os detalhes de uma volta rápida pelo circuito Raul Boesel ficaram em segundo plano na conversa. “Falamos mesmo sobre futebol”, revelou Razia. “Não dá para não levar em conta o fato de que teremos um jogo importante amanhã entre nossos países, e apesar de o clima não ter sido de provocação, tivemos, naturalmente, palpites diferentes para a partida”, completou o piloto.

Na opinião do brasileiro, a seleção de Ronandinho Gaúcho e companhia passa para as semi-finais devolvendo os 3 x 0 da fatídica final da Copa de 98. Já o francês acredita que o grupo liderado por Zinedine Zidane vencerá a partida. “Acho que podemos ganhar o jogo. Sei que o favorito é o Brasil, mas a França está crescendo na Copa. No começo foi muito mal, fazendo só o necessário para se classificar. Mas no último jogo o time se reergueu e agora parece que tem chance de superar o Brasil. O pessoal lá na França está animado. Por isso, sinto muito por vocês, mas vai ser exatamente como em 1988…”, disse Muller.

Hoje com 17 anos de idade, Luiz Razia não era nascido na Copa do Mundo de 1986, quando a França mandou o Brasil de volta para casa nas cobranças de pênalti, mas já acompanhava o esporte em 1998, quando o sonho do penta foi adiado após a derrota no Stade de France. “Acho inevitável que haja um clima de revanche no jogo deste sábado. Mas para nós, pilotos, o dia também será decisivo na pista e, brincadeiras à parte, vou procurar me concentrar nos treinos e corridas deste fim de semana”, disse o piloto.

Razia começou bem a preparação para a quarta rodada da temporada e liderou o primeiro treino do dia na capital paranaense. Com o tempo de 1:13.622, ele superou Clemente Faria Jr. por 0s178 e acredita na pole position para a prova deste sábado. “No segundo treino não fui tão bem porque saí com pneus bem usados, já que o foco foi o acerto do carro para a corrida. Mas a expectativa é boa e um resultado positivo neste sábado será fundamental para o campeonato”, completou o piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *