F3 Sulamericana: Categoria encerra temporada com virada na categoria Light

A corrida de hoje teve dois grandes espetáculos, na categoria principal a briga de Yann Cunha e Igor Veras pelo segundo lugar e na Light a vitória de Henrique Martins que recuperou os quatro pontos que o separavam de Raphael Abbate, chegando aos mesmos 132 pontos, e venceu o campeonato pelo total de vitórias.

Após uma chuva torrencial, atraso de 45 minutos e largada lançada começou a última prova da temporada 2009 da F3 Sul-Americana. O campeão antecipado, Leonardo Cordeiro, da Cesário Fórmula, comemorou sua 10ª vitória correndo em primeiro de ponta a ponta, fechou 41 pontos de vantagem em relação ao vice-campeão (Cláudio Cantelli Jr – Bassan Motorsport) e deixou o espetáculo para a disputa do segundo lugar. Yann Cunha (Razia Sports), que largou em terceiro no grid, logo no início da prova assumiu a segunda posição de Cláudio Cantelli Jr (Bassan Motorsport) e se manteve bem, até a chegada de Igor Veras, na 16ª volta, quando começou a pressão que perdurou até o fim da prova.

 

Veras saiu da quinta posição do grid passou Nilton Molina Neto (PropCar Racing), assumiu a terceira posição de Cláudio Cantelli Jr, saiu da pista, voltou para quinto lugar e brigou até chegar novamente a terceiro. Desde então veio tirando tempo em relação a Yann Cunha, conseguiu ultrapassá-lo na última volta, mas Cunha devolveu o feito e retomou sua posição também na última volta numa disputa emocionante.

 

O outro feito foi na categoria Light na qual Bruno Andrade (MX Sports) definiu o campeonato. A diferença de pontuação entre os colegas da Cesário Fórmula Jr, Raphael Abbate e Henrique Martins, estava em quatro pontos com vantagem para Abbate, ou seja, a simples vitória de Martins não garantiria a vitória, que dependia de Bruno Andrade, que largou em último no grid, ultrapassar Abbate. E foi o que ocorreu. Andrade que largou em último no grid ganhou três posições, terminou atrás de Martins, enquanto Abbate na quinta volta teve uma queda de desempenho e caiu para a última posição. Resultado? Abbate e Martins fecharam a temporada com exatamente 132 pontos, cada, e prevaleceu a vitória de Henrique Martins que com nove vitórias na temporada (contra quatro de Abbate) se tornou o campeão da categoria Light F3 Sul-Americana exatamente na última prova.

 

 

Foto: da esquerda para a direita, o campeão da Light, Henrique Martins, e o campeão da F3 Sul-Americana, Leonardo Cordeiro. * Crédito da foto: Flávio Quick

 

Confira abaixo o resultado da prova:

 

1º) Leonardo Cordeiro (Cesário Fórmula), 19 voltas a 30:01:628

2º) Yann Cunha (Razia Sports), a 15s093

3º) Igor Veras (PropCar Racing), a 15s546

4º) Claudio Cantelli (Bassan Motorsport), a 19s345

5º) Henrique Lambert (Razia Sports), a 22s277

6º) Nilton Molina (PropCar Racing), a 29s245

7º) Lucas Foresti (Cesário Fórmula), a 29s626

8º) Henrique Martins (Cesário Fórmula Junior), a 46s417- F3 Light

9º) Bruno Andrade (MX Sports), a 50s281 – F3 Light

10º) Leonardo de Souza (Kemba Racing), a 58s603

11º) Lu Boesel (Dragão Motorsport), a 59s358

12º) Raphael Abbate (Cesário Fórmula Junior), a 1m16s520 – F3 Light

 

* Melhor volta: Igor Veras, na volta 17, a 134,90 Km/h. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *