F3 Sulamericana: Categoria inicia fase argentina neste fim de semana

Quinta rodada dupla da temporada será realizada no Autódromo de Córdoba, localizado a 300km de Buenos Aires, que é novidade para todos os pilotos do grid.

Depois de oito corridas disputadas em solo brasileiro na temporada de 2007, a Fórmula 3 Sul-Americana inicia no próximo fim de semana a fase argentina do campeonato, com a realização da quinta rodada dupla do ano no Autódromo de Córdoba, localizado a 300 km de Buenos Aires. As corridas deste sábado (30/6) e domingo (1/7) marcam o retorno da categoria ao circuito argentino, que havia sediado pela última vez uma etapa do torneio em junho de 2005. Naquela ocasião, as provas foram vencidas por Zeca Cardoso e Luiz Razia, que até hoje detém o recorde do circuito para carros de Fórmula 3, com uma volta em 1min21s814, à media de 178 km/h.

Fora do calendário da Fórmula 3 Sul-Americana desde 2005, o circuito de Córdoba é desconhecido por 100% dos pilotos que participarão da rodada dupla deste fim de semana. Isso porque os poucos veteranos que disputam o atual campeonato estrearam na categoria no ano passado, quando as etapas argentinas foram realizadas em Santa Fé e Buenos Aires. Isso significa que, pela primeira vez no ano, os estreantes terão uma disputa igualitária em relação aos pilotos mais experientes, o que deve resultar em corridas ainda mais equilibradas.

“Esta é a primeira etapa do ano em que simplesmente não temos a menor idéia de quem vai andar bem e quem não vai”, opinou o carioca Ernesto Otero (Razia Sports), um dos novatos que obtiveram melhores resultados no atual campeonato. “Em todas as quatro primeiras rodadas da temporada, havia um piloto ou equipe com mais experiência em determinado circuito, e isso gerava certo favoritismo. Já neste fim de semana, a história será outra”, completou Otero.

Na opinião dos pilotos da Razia Sports, obter um bom resultado na etapa argentina deste fim de semana vai depender da rapidez com que pilotos consigam aprender os segredos do traçado, já que, como de costume, a programação da categoria prevê a realização de apenas dois treinos livres de apenas 30 minutos antes da primeira sessão de classificação.

“Nossa equipe tem boas referências para esta pista e a expectativa é boa para o fim de semana”, falou o paulista Nathan Silva, companheiro de Otero na Razia Sports. “Competir em um novo traçado é sempre mais difícil, por isso as equipes têm trabalhado para minimizar os efeitos dessa estréia coletiva. No nosso caso, temos conversado muito com os engenheiros e passamos a conhecer, ao menos em teoria, alguns dos segredos do traçado. Mas, só mesmo os primeiros treinos é que vão dizer quem fez corretamente a lição de casa”, completou Nathan.

Passadas as oito primeiras corridas do campeonato, os dez primeiros colocados na tabela de classificação da Fórmula 3 Sul-Americana são:
1) Clemente Júnior, 56 pontos
2) Fernando Galera, 39
3) Mário Romancini, 32
4) Geovane Cerutti, 29
5) William Starostik, 23
6) Felipe Guimarães e Ernesto Otero, 22
8) Rodolpho Santos, 15
9) Fábio Beretta, 14
10) Denis Navarro e Felipe Ferreira, 13

Foto: Fabio Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *