F3 Sulamericana Claudio Cantelli Jr consegue vitória em Campo Grande

Em uma das provas mais emocionantes da temporada, a 14ª etapa foi marcada pelo aumento da competitividade entre os pilotos, tanto na categoria principal quanto na Light.

Os pilotos da F3 Sul-Americana encontrarão amanhã um clima mais competitivo. Primeiro porque com a vitória de Claudio Cantelli Jr (Bassan Motorsport) a diferença entre ele e o líder da temporada Leonardo Cordeiro (Cesário Fórmula) caiu de 31 para 24 pontos.

 

Outro embate importante acontece na categoria Light, onde a vitória do terceiro colocado Bruno Andrade (MX Sports) apertou a diferença no placar, deixando-o apenas 2 pontos atrás do segundo colocado Henrique Martins e 12 atrás do líder Raphael Abbate, ambos da Cesário Fórmula.

 

A prova foi marcada por emoção do começo ao final, numa corrida perfeita Cláudio Cantelli largou bem e não encontrou maiores dificuldades em segurar a ponta da corrida, principalmente depois do erro de Leonardo Cordeiro que lhe custou a perda de várias posições no grid. “O que deu emoção na corrida foi, sobretudo, o desempenho dos pilotos”, comenta Dilson Motta, organizador da categoria. Um bom exemplo foi a briga constante entre Andrade e Abbate que fez com que a diferença de tempo entre os dois ao final da prova ficasse em apenas 92 milésimos de segundo.

 

Outros pilotos contribuíram para a corrida tornar-se a mais interessante da temporada. Henrique Lambert (Razia Sports) não fez uma boa largada e logo de cara caiu da 3ª para 12ª posição, mas conseguiu recuperar e fechar em quinto. Ainda assim perdeu uma posição na classificação geral para o piloto Lucas Foresti, da Cesário Fórmula, que chegou em segundo, ao também protagonizar várias ultrapassagens. Em terceiro, subiu ao pódio Yann Cunha, que lhe garante a permanência no terceiro lugar no campeonato até a próxima etapa, mas não sem muito esforço pois teve que disputar cada metro do Autódromo com o persistente Vitor Guerin que mesmo sendo ultrapassado pelos líderes atormentou a corrida de Yan o quanto pode.

 

O líder da temporada, Leonardo Cordeiro, que havia saído em quarto lugar logo no início da prova derrapou e caiu para 10º, mas  conseguiu recuperar até passar Henrique Lambert. Ao final, novamente teve problemas ao tentar ultrapassar Lu Boesel no final da reta e completou a prova na sexta posição. Ainda assim, tem motivos de sobra para comemorar, pois com o resultado de hoje já garantiu sua vaga na premiação oferecida pela Red Bull aos dois primeiros colocados de cada categoria: um teste no time de competição da equipe Red Bull na Europa.

 

O time Propcar é que não teve muita sorte nesta etapa: Nilton Molina se envolveu numa batida com Henrique Martins que também teve sua corrida comprometida, e Igor Veras que até vinha bem perdeu o controle de seu carro na 12ª volta e abandonou.

 

Para amanhã, Cantelli tem o desafio de repetir o bom desempenho e torcer para que a sorte não favoreça seu principal adversário. Confira abaixo como ficou o resultado da prova de hoje, a classificação geral do campeonato e os horários das duas corridas de amanhã no Autódromo Internacional de Campo Grande.

 

* Crédito da foto: Flávio Quick

 

Resultado da 14ª etapa da F3 Sul-Americana:

1º) Claudio Cantelli Jr (Bassan Motorsport), 23 voltas a 31:12.641

2º) Lucas Foresti (Cesário Fórmula) em 31:20.116

3º) Yann Cunha (Razia Sports) em 31:25.321

4º) Victor Guerin (Dragão Motorsport) em 31:26.434

5º) Henrique Lambert (Razia Sports) em 31:31.050

6º) Bruno Andrade (MX Sports) em 31:49.256 – F3 Light

7º) Raphael Abbate (Cesário Fórmula Junior) em 31:49.348 – F3 Light

8º) Leonardo Cordeiro (Cesário Fórmula) em 31:55.204

9º) Henrique Martins (Cesário Fórmula Junior) em 32:11.888 – F3 Light

10º) Nilton Molina (PropCar Racing), em 32:17.924

 

Não concluíram a prova:

11º) Lu Boesel (Dragão Motorsport), 19 voltas

12º) Igor Veras (PropCar Racing), 12 voltas            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *