F3 Sulamericana: Com autódrimo, MG pode receber corrida nos próximos meses

Pista de 1.500 metros foi oferecido pela Federação Mineira de Automobilismo para a CBA.

O Estado de Minas Gerais pode receber a sua primeira corrida de fórmula da história. O estado que já revelou vários pilotos para o automobilismo, como Cristiano da Matta e Bruno Junqueira, nunca teve um autódromo. E o espaço Megaespace, na cidade de Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte, foi oferecido pela Federação Mineira de Automobilismo para a CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) para ser utilizado pela Fórmula 3 Sul-americana.

O espaço, inaugurado há quatro anos, é um dos maiores centros de eventos do Brasil. Com 500 mil metros quadrados, o espaço pode receber até 200 mil pessoas. O autódromo do espaço tem 1500 metros de extensão com largura que varia de 12 a 16 metros. São seis curvas sendo 2 à direita e 4 à esquerda no sentido anti-horário. O grid tem limite máximo de 30 carros.  A cerca de um ano e meio a pista do circuito foi feita, porém, apenas enquadrada nos moldes da CBA no início deste ano, quando então, recebeu a autorização para a realização de provas oficiais. Até o momento a pista recebe apenas competições de arrancada e o mineiro de automobilismo.

A equipe Bassani Racing aprova esta nova pista. “Com certeza seria uma bela festa. Um novo autódromo no Brasil é muito importante. Com 1500 metros seria um desafio para todos. Já participamos da inauguração de Santa Cruz do Sul e vencemos na Fórmula Renault. Gostamos de uma inauguração”, disse animado Eduardo Bassani que completa: “Temos um espaço no calendário de outubro a novembro. Como podemos realizar até 18 provas no ano, acredito que a prova mineira se encaixaria muito bem em algum destes meses”.

Os pilotos da equipe também gostaram da idéia. “Este ano estou conhecendo todas as pistas, já que estou estreando no automobilismo. Seria bem interessante correr em uma pista tão curta. Uma pena sair Obera do calendário, mas será um desafio interessante”, comentou Denis Navarro.

Fábio Beretta, que já está no seu segundo ano de Fórmula 3 também aprova o desafio. “Com a potencia do Fórmula 3 e uma pista tão curta, a corrida deve ser interessante. Com certeza o circuito mais rápido que eu já competi. Se a idéia realmente for oficial, vai ser bom para todos”, comentou.

A Vicar, responsável pelo Campeonato Sul-americano de Fórmula 3 diz não saber de nada sobre o assunto. Mas uma noticia adianta. A etapa de Obera, Argentina, que seria disputado entre os dias 11 e 12 de agosto, foi cancelada. O autódromo passa por reformas e a Vicar aguarda um contato da TC2000 para saber onde poderá correr com a F3 fazendo parte da programação do principal campeonato do país.

A Federação Mineira de Automobilismo, por meio de seu presidente, o Sr. Pedro Sereno de Mattos, comentou: “Apresentamos o autódromo para a CBA para ser analisado. Gostaríamos de receber a Fórmula 3 este ano e eles devem fazer novas vistorias. Mas acredito termos totais condições de receber a categoria”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *