F3 Sulamericana: Com experiência em circuitos de rua, Cantelli espera resultado positivo no Uruguai

Piloto paranaense encara os desafios das ruas de Piriápolis, cidade que recebe a 11ª e 12ª etapas do campeonato no próximo fim de semana.

O Campeonato Sul-Americano de Fórmula 3 continua sua fase no sul do continente. Depois de duas corridas em Buenos Aires, nos dias 12 e 13 de setembro, agora os pilotos encaram o circuito de rua de Piriápolis, no Uruguai (entre 02 e 04/10), marcando o retorno da categoria ao país depois de oito anos ausente do calendário. As corridas válidas para a 11ª e 12ª etapas representam um momento decisivo do campeonato, já que depois desta rodada dupla restarão apenas mais cinco corridas: em São Paulo, Campo Grande e Curitiba. O paranaense Claudio Cantelli Junior, vice-líder da competição, espera descontar parte da diferença de 24 pontos que tem para o líder Leonardo Cordeiro e chegar na reta final da temporada brigando pelo título. “Não tivemos resultados bons na Argentina e o (Leonardo) Cordeiro abriu um pouco de vantagem na ponta. Mas circuito de rua é quase uma loteria. Espero usar minha experiência nesse tipo de pista para conquistar bons resultados e encostar na tabela de pontos”, comentou Cantelli, vencedor da etapa em Santa Cruz do Sul (RS).

E no que depender de currículo, Cantelli Júnior chega para as provas no Uruguai com vantagem nesse tipo de circuito. Ele já correu em três das principais pistas de rua da Europa: Monte Carlo (Mônaco), Porto (Portugal) e Pau (França). “Com certeza a corrida de Mônaco foi a mais difícil de todas. Corri lá de World Series e a pista é muito estreita. Não pode cometer um erro mínimo sequer. E em Pau e Porto competi de Fórmula Master e aprendi muito”, lembrou o piloto.

Cantelli Júnior acredita que, nos circuitos de rua, a adaptação dos pilotos é mais importante que um carro bem acertado. E a inexperiência nesse tipo de traçado é um desafio extra para a maior parte do grid da Fórmula 3 este ano. “A adaptação conta muito. Se o piloto se der bem com este tipo de pista, vai conseguir bons resultados. É mais importante a adaptação do que ter um carro bem acertado. Eu já tenho experiência e gosto muito deste tipo de corrida. Vou tentar buscar o máximo de pontos para deixar o campeonato ainda mais equilibrado”, finalizou o piloto de Guarapuava, interior do Paraná.

A última vez que a Fórmula 3 Sul-Americana correu nas ruas de Piriápolis foi em 2001. O brasileiro Thiago Medeiros largou na pole-position e venceu com Juliano Moro em segundo. Participaram ainda da corrida, Nelson Ângelo Piquet, Alexandre Sperafico, Tuka Rocha e o argentino Gabriel Furlan, o maior vencedor da categoria.

Programação do final de semana – 11ª e 12ª Etapas:

Sexta-feira – 02/10/2009
11h30 a 12h00 Primeiro Treino Livre
14h45 a 15h15 Segundo Treino Livre
17h15 a 17h45 Tomada de Tempos 11ª Etapa

Sábado – 03/10/2009
10h00 a 10h30 Tomada de Tempos 12ª Etapa
16h00 Prova – 11ª Etapa

Domingo – 04/10/09:      
13h30 Prova – 12ª Etapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *