F3 Sulamericana: Felipe Ferreira termina em quinto

O mineiro Clemente Faria Júnior (Banco Rural/Oi/Vroom) conquistou sua sexta vitória no Campeonato Sul-Americano de Fórmula 3, na disputada da 12ª etapa no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR). Ele ampliou a liderança para 92, contra 66 do paulista Mário Romancini (Construtora Camargo Correa/Binotto), vice-líder do certame continental, vencedor da corrida de sábado e terceiro na bandeirada da prova deste domingo.

A segunda colocação ficou com o paulista Daniel Landi (Razia Sports), piloto regular da Stock Car V8. O paranaense William Starostik (Jota Quest) e o paulista Felipe Ferreira (Webmotors/CVC/Center Cargo/Alberflex/Puma) completaram os cinco primeiros depois de 24 voltas em 31min13s171.

Enquanto as primeiras posições permaneceram inalteradas durante toda a corrida, com exceção da segunda posição que Daniel Landi ganhou de Mário Romancini logo na largada, as maiores disputas foram pela quarta posição, inicialmente com os paulistas Fábio Beretta e depois Douglas Hiar, e nas últimas voltas numa disputa intensa entre William Starostik e Felipe Ferreira. “Meu carro estava saindo de frente no Esse da Caixa D’agua e no Curvão, justamente as duas mais rápidas do circuito”, contou Ferreira. “No resto do circuito eu chegava no Starostik, mas não tinha como tentar ultrapassá-lo”, explicou o piloto da Webmotors/CVC/Center Cargo/Alberflex/Puma.

Na 23ª e penúltima volta Felipe tentou o tudo ou nada. “Caprichei ao máximo e entrei na reta dos boxes meio segundo atrás e tentei a ultrapassagem por fora perto da freada da curva do Estádio. Ele fechou a porta e não me deu mais nenhuma chance, e recebi a bandeirada apenas dois décimos atrás”, conformou-se Ferreira, quinto colocado. “O que me conforta é que estamos retomando a competitividade das primeiras etapas”, encerrou o piloto da Bassan Motorsport, décimo no campeonato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *