F3 Sulamericana: Leonardo Cordeiro disputa categoria em 2009

Uma das principais promessas do automobilismo nacional, Leonardo Cordeiro vai correr o Sul-Americano de F-3 em 2009. O piloto de São José dos Campos foi seduzido pelo novo pacote da categoria que, além de adotar um calendário exclusivo, trouxe o Dallara F309, modelo utilizado nos mais importantes campeonatos de F-3 do mundo. “Inicialmente, eu havia pensado em ir para a Europa, mas gostei do novo formato da categoria e vou seguir no Brasil, guiando o mesmo modelo dos principais campeonatos lá de fora”, revelou o piloto que volta a competir pela Cesário Fórmula, a mais vitoriosa equipe do campeonato.

Leonardo aponta para o ganho de performance que a categoria vai ter em 2009. Segundo os engenheiros da fabricante italiana de chassis, o novo Dallara apresenta um rendimento cerca de 15% superior ao modelo de 2001, utilizado até o ano passado. Outro dado significativo é que o novo carro seguirá sendo impulsionado pelo resistente e desenvolvido motor Berta, que permitiu que a categoria ganhasse o rótulo de a mais veloz F-3 do mundo. Outro ponto relevante apontado pelo piloto é o relançamento da Fórmula 3 Light, que vai usar os antigos carros com a potência do motor reduzida. “Será uma categoria escola que vai ajudar na formação dos pilotos. Acho bom um evento que reúne apenas disputas de monopostos, que são a base para quem quer fazer carreira no esporte”.

Leonardo, que em 2008, aos 18 anos, foi o mais jovem da categoria, acredita que a experiência acumulada lhe dá amplas possibilidades de disputar o título deste ano. “Apesar de todos começarmos do zero com o novo carro, já conheço as pistas e não me sinto tão ansioso como no ano passado”, disse o joseense.

Leonardo retorna à categoria com uma bagagem de ótimos resultados obtidos no fim do semestre passado. Vencedor da penúltima rodada, em Curitiba, dividiu com Denis Navarro o título de mais veloz da temporada, com cinco melhores voltas para cada um. Ele também conquistou cinco poles, uma a menos que Navarro, o que mais vezes largou na posição de honra em 2008. Leonardo venceu ainda a décima edição da Seletiva de Kart Petrobras, levando para a casa o prêmio de R$ 100 mil. Na primeira etapa de classificação da Seletiva este ano, ele garantiu mais uma vez vaga entre os 12 finalistas que vão disputar, no fim da temporada, mais um prêmio de R$ 100 mil.

O piloto de São José dos Campos classificou como “importante” a reedição da parceria com a Cesário Fórmula. “Além dos oito títulos, é a equipe que mais venceu corridas na categoria. Estou acreditando que vamos voltar a ter bons resultados nesta temporada”, concluiu Leonardo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *