F3 Sulamericana: Mario Romancini estréia na categoria em Tarumã

Piloto paulista, vencedor da preliminar do GP Brasil de Fórmula 1 do ano passado pela Fórmula Renault, correrá pela primeira vez na categoria mais rápida do continente neste fim de semana.

Em uma temporada marcada pela chegada de pilotos vindos do kart e de categorias de base do automobilismo nacional, a Fórmula 3 Sul-Americana recebe mais um nome de destaque da nova geração para a segunda rodada dupla do campeonato. O paulista Mario Romancini, vencedor da preliminar do GP Brasil de Fórmula 1 do ano passado pela Fórmula Renault, fará sua estréia na categoria mais rápida do continente nas corridas deste sábado (28) e domingo (29) no Autódromo de Tarumã, na Grande Porto Alegre, e será companheiro de equipe do mineiro Clemente Faria Jr. na Cesário Fórmula.

“Correr na Fórmula 3 Sul-Americana em 2007 é minha meta desde o fim do ano passado, e estou muito satisfeito por poder participar das corridas deste fim. O campeonato já começou e chego com pouca experiência neste carro já que fiz apenas três treinos em Campo Grande antes da estréia, mas vou procurar assimilar o mais rápido possível o conhecimento de minha equipe. A Cesário Fórmula é uma das maiores vencedoras da categoria e espero logo poder disputar boas posições no campeonato”, declarou Romancini.

O piloto paulista estréia na Fórmula 3 Sul-Americana justamente na etapa mais desafiadora do calendário, mas espera que isso o ajude a superar mais rapidamente o natural período de adaptação exigido pela categoria. “Vou começar tendo logo de cara um grande desafio, em uma pista onde a principal característica dos carros de Fórmula 3, que é a velocidade em curvas de alta, fica mais evidente”, analisou Romancini. “A maior diferença que senti do Fórmula Renault para o Fórmula 3 é justamente a velocidade nestes trechos, e como curvas de alta são abundantes na pista gaúcha, vou passar por um período de adaptação intensivo que certamente renderá para toda a temporada”, analisou Romancini.

Apesar de dividir os boxes da Cesário Fórmula com o líder do campeonato, o paulista não se sente pressionado e acredita que e o fato de ter ao seu lado o piloto mais experiente da atual geração da Fórmula 3 é um fator positivo. “Quando desço do carro e vou acompanhar a análise dos dados feita pelos engenheiros, sei que estou comparando minhas voltas com as do piloto mais rápido da categoria nesse momento. E isso é um grande benefício para quem está estreando na Fórmula 3”, acrescentou Romancini.

A Fórmula 3 Sul-Americana chega ao Autódromo de Tarumã depois de duas corridas realizadas em São Paulo, que foram vencidas por Clemente Faria Jr. O mineiro lidera a competição com 20 pontos, quatro a mais que o segundo colocado, o paulista Fernando Galera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *