F3 Sulamericana: Primeira temporada na F3 rende Capacete de Bronze a Yann Cunha

Quinto colocado no Campeonato Sul-Americano em sua primeira temporada completa no automobilismo, piloto de Brasília diz que estatueta foi uma das conquistas mais importantes de sua carreira.

Além dos sete pódios conquistados em 2009, e do quinto lugar no Campeonato Sul-Americano de Fórmula 3 – encerrado há duas semanas, em Curitiba -, o brasiliense Yann Cunha teve outro bom motivo para comemorar o desfecho de sua primeira temporada completa no automobilismo. Na noite da última terça-feira, em São Paulo, ele conquistou o Capacete de Bronze, terceira colocação no prêmio anual oferecido pela Revista Racing aos melhores pilotos do país.
Finalista entre os pilotos da divisão “Fórmula”, Yann teve a companhia de Cláudio Cantelli Jr. e do representante de Leonardo Cordeiro no palco do Teatro Alfa, em São Paulo, local da premiação. Campeão antecipado da categoria, Cordeiro ficou com o Capacete de Ouro. Cantelli levou o Capacete de Prata. Entre os finalistas, Yann Cunha era o piloto com menos experiência no automobilismo, um feito que renovou as esperanças do jovem brasiliense para a sequência de sua carreira no automobilismo.
“Ter chegado à final do Capacete de Ouro em minha primeira temporada completa no automobilismo é uma conquista muito importante, ainda mais tendo ao meu lado pilotos com pelo menos três anos de experiência em monopostos”, disse Cunha. “Estou feliz pelo Capacete de Bronze, que considero uma das conquistas mais importantes de minha carreira até aqui, e espero estar nesse palco novamente em 2010. Quem sabe, disputando a prata ou mesmo o ouro”, comentou o brasiliense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *