F3 Sulamericana: Razia Sports oficializa estréia na categoria

Equipe técnica terá os engenheiros Felipe Tejada e Guilherme Ferro, ambos com larga experiência na Fórmula 3, e o preparador Luiz Trinci, o Dragão, campeão da categoria em 2006. Marketing ficará a cargo da RaceOne Sports, de Fernando Coser e Luca Bassani. Estrutura foi montada para criar a principal equipe do Campeonato Sul-Americano nos próximos anos.

A equipe Razia Sports oficializou nesta quinta-feira (11/1) sua entrada no Campeonato Sul-Americano de Fórmula 3 em 2007. E chega mostrando que não está para brincadeira. O novo time, cujo proprietário é o pai do atual campeão da categoria, Luiz Razia, reúne um grupo de profissionais com larga experiência em monopostos e nasce com o objetivo de ser a principal equipe da Fórmula 3 Sul-Americana nos próximos anos.

No comando da estrutura, que terá três carros já nesta temporada de estréia na categoria, está o engenheiro e ex-piloto Felipe Tejada, que trabalhou com Luiz Razia nos campeonatos de 2005 e 2006. A preparação dos motores Berta será feita por Luiz Trinci, o Dragão, campeão da Fórmula 3 no ano passado, e o engenheiro-chefe será Guilherme Ferro, que possui grande experiência na Fórmula Renault e na Fórmula 3 Sul-Americana.

Além de contar com profissionais gabaritados para funções relacionadas ao desempenho dos carros na pista, a Razia Sports também nasce amparada por um sólido projeto de marketing esportivo elaborado pela RaceOne Sports, de Fernando Coser e Luca Bassani. “Vencer na Fórmula 3 Sul-Americana exige profissionalismo e dedicação. Por isso fomos buscar os melhores profissionais do mercado. O objetivo é oferecer aos nossos pilotos todas as condições para que eles disputem as primeiras posições no campeonato”, ressaltou Felipe Tejada.

O primeiro piloto confirmado na equipe é o paulista Nathan Silva, de apenas 16 anos de idade. No ano passado, ele foi o melhor brasileiro no Campeonato Mundial de Kart disputado na França (terminou em 16º lugar) e foi o piloto mais jovem entre os inscritos para a última etapa da Fórmula Renault Brasil, em Interlagos, com 16 anos e dois meses. “Escolhemos a Razia Sports para ser a primeira ‘casa’ do Nathan no automobilismo em função da equipe ter o perfil adequado para o piloto. O time nasceu bem estruturado, e profissionalismo é algo fundamental em uma categoria competitiva como a Fórmula 3”, declarou Fernando Coser. A Razia Sports ainda tem duas vagas para a temporada de 2007.

A Fórmula 3 Sul-Americana disputa em 2007 a 21ª temporada de sua história, e continua revelando talentos para o automobilismo internacional. Por lá passaram nomes como Helio Castroneves, Christian Fittipaldi e Ricardo Zonta. Nos últimos anos, a categoria revelou Nelsinho Piquet, Lucas Di Grassi, Danilo Dirani e, em 2006, coroou Luiz Razia como campeão na disputa mais apertada das últimas 13 temporadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *