F3 Sulamericana: Rodolpho Santos estréia na F-3 no retorno da Amir Nasr

Primeiro a anunciar seus planos para a categoria em 2007, jovem goiano fará sua temporada de estréia com o experiente time da Capital Federal.


O goiano Rodolpho Santos, de 18 anos, é o primeiro competidor a anunciar oficialmente seus planos para o Campeonato Sul-Americano de Fórmula 3 na temporada 2007. O piloto da cidade de Anápolis assinou contrato com a Amir Nasr Racing, uma das principais equipes da história da categoria, que retorna à F-3 apostando no jovem goiano. O time brasiliense retirou-se do torneio sul-americano em 2005 para dedicar-se integralmente a seu novo projeto na Stock Car V8. O retorno à F-3 acontece com a Nasr já estabelecida como equipe de ponta na Stock, na qual chegou à última etapa de 2006 disputando o título. Em 2007, o time brasiliense deve disputar vitórias tanto no torneio nacional quanto no continental.

Rodolpho Santos encara sua futura temporada como mais um passo importante rumo ao sonho de competir na Europa: “A Fórmula 3 é provavelmente o principal estágio de um piloto que tem ambições de se tornar um profissional do automobilismo em nível internacional. Para mim, é uma categoria-chave no aspecto técnico do desenvolvimento de qualquer piloto”, comenta Rodolpho.

Alto nível – “Nossa decisão pelo torneio sul-americano se deu por dois motivos básicos”, detalha Fernando Coser, da RaceOne, empresa de gerenciamento de carreira que cuida dos interesses do piloto. “Primeiro, queremos que o Rodolpho chegue à Europa já pronto para competir no nível mais alto possível e, segundo, achamos importante que ele faça este estágio em um time com tradição e experiência na formação de pilotos. Por isso escolhemos a Amir Nasr, entre outras boas opções”, resumiu Coser. “Pesou muito também a proximidade da equipe de Anápolis, onde moro”, completa Rodolpho. “Meu deslocamento para treinos no Autódromo de Brasília é muito mais rápido e barato do que se tivesse que ir a outra capital, como São Paulo. Assim, muitos fatores contribuíram nesta decisão”.

A Amir Nars Racing conta com um currículo invejável na F-3. O time brasiliense acumula nada menos que 50 vitórias, 38 pole positions e 41 melhores voltas. Em 2000, sob o comando do ex-piloto Amir Nasr a equipe conquistou o título de pilotos, façanha que repetiu no ano seguinte vencendo 10 das 12 corridas disputadas. O time soma ainda cinco títulos de campeão e quatro vice-campeonatos por equipes, além de quatro vice-campeonatos de pilotos. Localizada dentro do Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília, a sede da Nasr não deve nada às similares européias ­– e disputa o posto de organização de automobilismo mais sofisticada do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *