F4 Sul-americana: Garese vence segunda prova e reassume a liderança do campeonato

Uruguaio vai para a dianteira após a largada e ganha pela quinta vez no ano; Garese e Facundo Ferra somam 36 pontos nas duas corridas e dividem o prêmio de mil dólares do “GP Raybestos”

Depois de terminar em quinto a primeira corrida, Facundo Garese se recuperou e conquistou a vitória na segunda prova da sétima etapa da F4 Sul-americana, realizada na tarde deste domingo (11) no Autódromo Victor Borrat Fabini, em El Pinar, no Uruguai. O triunfo deu ao uruguaio novamente a liderança do campeonato com 258 pontos. Além disso, Garese, junto com Facundo Ferra, segundo colocado, foram os pilotos que somaram mais pontos – 36 – nas duas provas e dividiram o prêmio de mil dólares do “GP Raybestos”. Nicolás Martinez completou o pódio.

Por conta do regulamento, que determina que o grid da segunda corrida seja formado com base no resultado da primeira prova, mas com os seis primeiros colocados em ordem invertida, Garese largou da segunda posição. Assumiu a dianteira após a largada e não sofreu ameaças ao longo da prova. Assim, o piloto cruzou a linha de chegada com folga pela quinta vez na primeira posição. Além disso, viu seu concorrente direto ao título, Juan Manuel Casella, ter problemas a duas voltas da bandeirada e terminar em décimo lugar.

“Estou muito contente com meu desempenho na segunda corrida. Tive uma boa largada, pulei para primeiro e consegui abrir uma vantagem confortável. Foi uma vitória importante porque consegui voltar à liderança do campeonato. Acho que os pontos são mais importantes do que a quantia em dinheiro. Estou na briga pelo título e esse é o objetivo principal”, explica Garese, que pode dar o primeiro campeonato para o Uruguai na categoria.

Martinez concluiu a prova em terceiro, à frente dos estreantes Andrés Jakos e Nicolás Dezzuto, que fecharam a lista dos cinco primeiros. Pablo Falchi, Marcello Bresciani, Bruna Tomaselli, Mateo Maffioly, Juan Manuel Casella e Federico Moreira vieram na sequência. A próxima etapa da F4 Sul-americana acontecerá nos dias 1° e 2 de outubro no autódromo de Rivera, localizado na fronteira entre o Brasil e Uruguai. Será a primeira visita da categoria continental ao circuito.

Resultado da primeira corrida:
1) Juan Manuel Casella (URU) – 16 voltas em 21min23s765
2) Facundo Ferra (URU) – a 0s382
3) Pablo Falchi (URU) – a 1s164
4) Andrés Jakos (ARG) – a 2s318
5) Facundo Garese (URU) – a 5s133
6) Bruna Tomaselli (BRA) – a 5s716
7) Federico Moreira (URU) – a 5s895
8) Nicolás Dezzuto (ARG) – a 19s269
9) Nicolás Martinez (URU) – a 3 voltas
10) Marcelo Bresciani (URU) – a 7 voltas
11) Mateo Maffioly (ARG) – a 11 voltas
Melhor volta: Pablo Falchi em 1min07s866

Resultado da segunda corrida:
1) Facundo Garese (URU) – 19 voltas em 21min58s876
2) Facundo Ferra (URU) – a 19s297
3) Nicolás Martinez (URU) – a 26s325
4) Andrés Jakos (ARG) – a 26s410
5) Nicolás Dezzuto (ARG) – a 32s567
6) Pablo Falchi (URU) – a 32s596
7) Marcello Bresciani (URU) – a 34s108
8) Bruna Tomaselli (BRA) – a 55s897
9) Mateo Maffioly (ARG) – a 1min03s581
10) Juan Manuel Casella (URU) – a 2 voltas
11) Federico Moreira (URU) – a 3 voltas
Melhor volta: Facundo Garese em 1min08s608

Classificação do campeonato após sete etapas:
1) Facundo Garese (URU) – 258 pontos
2) Juan Manuel Casella (URU) – 235 pontos
3) Bruna Tomaselli (BRA) – 117 pontos
4) Sami Mendaña (ARG) – 80 pontos
5) Pablo Falchi (URU) – 77 pontos
6) Facundo Ferra (URU) – 76 pontos
7) Baltazar Leguizamón (ARG) – 72 pontos
8) Agustín Cejas (URU) – 46 pontos
9) Nicolás Martínez (URU) – 42 pontos
10) Hernán Bueno (ARG) – 41 pontos
11) Diego Guggiari (URU) – 38 pontos
12) Andrés De Araujo (URU) – 37 pontos
13) Federico Moreira (URU) – 31 pontos
14) Leandro Guedes (BRA) – 27 pontos
15) Lorenzo Mauriziano (CHI) – 27 pontos
16) Victor Fernando Mora (CRC) – 26 pontos
17) Marcello Bresciani (URU) – 26 pontos
18) Andrés Jakos (ARG) – 24 pontos
19) Juan Vieira (BRA) – 24 pontos
20) Santiago Aguiar (URU) – 23 pontos
21) Gianfranco Collino (ARG) – 18 pontos
22) Richard Vargas (CRC) – 16 pontos
23) Mateo Maffioly (ARG) – 16 pontos
24) Leonardo Esmerode (URU) – 15 pontos
25) Nicolás Dezzuto (ARG) – 14 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *