Felipe Drugovich foi o mais rápido ao fim de três dias de testes coletivos da Fórmula 2 em Barcelona

Líder do campeonato, brasileiro reforça boa situação na luta pelo título da categoria

Principal categoria de acesso à Fórmula 1, a Fórmula 2 fechou nesta quinta-feira (14) sua segunda sessão de testes coletivos da atual temporada. As atividades foram realizadas ao longo de três dias em Barcelona, na Espanha, no Circuito de Barcelona-Catalunha, e o brasileiro Felipe Drugovich foi novamente o principal destaque.

Pilotos e equipes tiveram seis treinos, cada um com três horas de duração, para trabalhar e desenvolver acertos para as etapas seguintes do campeonato – a próxima, a terceira deste ano, será realizada entre os dias 22 e 24 de abril, em Ímola, na Itália.

Felipe Drugovich liderou o primeiro e o quinto treino e foi o único dentre os 22 pilotos da categoria que finalizou dois treinos na ponta. De quebra, ele ainda marcou a volta mais rápida dentre os seis aprontos, com 1:27.259. Ralph Boschung, Roy Nissany, Marcus Armstrong e Juri Vips lideraram uma vez cada um, mas sem superar a marca do piloto da equipe holandesa MP Motorsport, estabelecida no quinto treino.

Líder do campeonato após marcar a pole position e vencer a corrida mais importante da 2ª etapa, disputada na Arábia Saudita no final de março, o piloto de Maringá (PR) mostra-se ainda mais confiante para as próximas rodadas e para seu objetivo principal, a conquista do título.

“Foram três dias muito produtivos, além de termos conseguido marcar a melhor volta dos três dias, o que também foi muito bom”, resume Felipe Drugovich. “Também queríamos testar alguns acertos e muitos foram positivos. Testamos também pensando em Ímola mesmo que Barcelona seja uma pista bem diferente e seguimos confiantes para a próxima etapa. No geral, melhoramos o carro em algumas áreas e acho que estamos em uma posição muito boa para continuar na luta pelo título”, finalizou.

Felipe Drugovich tem o apoio de Drugovich Auto Peças, que atua no ramo de peças para caminhões e ônibus; da Jaloto & Drugovich, destaque nacional no segmento de transporte de cargas paletizadas; e da Stilo, fabricante italiana de capacetes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *