FIA GT: Equipe brasileira larga na segunda fila em Spa

Chuva impediu melhora dos tempos. Largada será às 11 horas (de Brasília) deste sábado. Não há atividades de pista nesta sexta-feira na Bélgica.

A chuva caiu nesta quinta-feira (23) na região do circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica, e grande parte dos três treinos classificatórios realizados hoje ocorreram sob forte precipitação ou com pista molhada. Somente os primeiros 15 minutos tiveram asfalto seco, e este curto período definiu o grid de largada para a edição 2009 das lendárias 24 Horas de Spa.

O Corvette Z06 do Sangari Team Brazil, que detinha o melhor tempo da sessão até 20 segundos antes da chuva começar, vai largar da quarta posição. O carro, preparado pela DKR Engineering, correrá com o trio formado pelos brasileiros Enrique Bernoldi, Roberto Streit e pelo holandês Xavier Maassen.

Os três primeiros lugares no grid ficaram com os Maserati MC12, e a pole foi obtida pelo quinteto formado pelos portugueses Miguel Ramos e Pedro Lamy, pelo alemão Alex Muller, o francês Stephane Sarrazin e pelo belga Eric Van De Poele, que marcaram 2min18s030 na melhor das seis voltas que registraram com pista seca.

“Foi uma pena não podermos melhorar o tempo por causa da chuva”, lamentou o carioca Roberto Streit. “Por questão de segundos não ficamos com a pole position, mas o importante é que temos um carro muito competitivo e um trio bastante forte”, destacou o piloto de Petrópolis (RJ).

“Acho que temos tudo para fazer uma ótima corrida e lutar pela vitória”, disse o paranaense Enrique Bernoldi. “Mas teremos de correr mais com a cabeça do que com o pé direito no fundo do acelerador, porque esta é uma corrida de 24 horas de duração, uma prova de resistência. Tudo tem que ser feito com calma, não poderemos decidir nada às pressas”, apontou.

“Foi bom termos treinado também à noite, porque é uma situação que enfrentaremos durante a prova”, disse Bernoldi, que estreou andando sob tais condições. “Além da chuva, havia também um nevoeiro baixo. Foi estranho no começo, porque apesar de conhecer a pista, a sensação era a de estar em um lugar diferente, porque à noite todas as referências visuais que o piloto tem deixam de existir”, explica.

Força brasileira – Roberto Streit destacou a força do trio do Sangari Team Brazil, um time que só contará com o holandês Maasen nesta prova, justamente devido à longa duração da corrida. “Tanto eu como o Enrique e o Xavier estamos andando no mesmo ritmo, o que é muito bom, porque não vimos esse equilíbrio nas equipes adversárias, nem mesmo nas que vão largar à nossa frente. Essa pode ser uma vantagem a nosso favor”, disse o piloto.

“Nosso carro é muito bom: é rápido, constante, fácil de guiar e confortável. Não é necessário arriscar muito para levar o carro ao limite”, elogiou Bernoldi. “Esperamos fazer uma corrida sem erros e sem problemas mecânicos”, disse o paranaense.

“Corrida de 24 horas é assim. Quem errar menos e tiver menos problemas terá mais chances de vencer”, enfatizou Streit. “Esperamos ao menos chegar ao pódio”, confidenciou o carioca.

A largada para as 24 Horas de Spa, uma das mais famosas corridas de longa duração do planeta, está programada para as 11 horas (de Brasília) deste sábado (25).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *