FIA GT: Sébastien Loeb estreia na categoria

Com ótimo grid na primeira etapa, oito brasileiros entrarão na disputa

Daqui a uma semana, precisamente no dia 01 de abril (feriado de Páscoa na França), começa a temporada 2013 do novo FIA GT Series no circuito francês de Nogaro. Com um sólido grid de 26 carros confirmados e oito marcas representadas por 16 equipes, a promessa é de intensas disputas entre modelos como o Mercedes SLS, que defende o título Mundial e Europeu do FIA GT, o Audi R8 LMS Ultra, que dominou a prova francesa no ano passado, BMW Z4, modelo escolhido pelas equipes Vita4one e BMW Team Brasil, que estreará na competição com os pilotos Cacá Bueno, Ricardo Zonta; Allam Khodair e Sérgio Jimenez. O alemão Jan Seyffarth e o ex-piloto de F1, o indiano Karun Chandhok, conduzirão um Lamborghini LP600. A tradicional AF Corse alinhará uma Ferrari 458 Italia na prova inaugural.

 

Ausente do FIA GT na temporada passada, a Nissan está retornando com os temíveis Nissan GT-R NISMO GT3, porém, a maior estrela esperada para a prova é o sete vezes campeão mundial de rally, Sebastien Loeb, que volta às corridas de GT, depois de uma primeira experiência em 2009. Loeb competirá com o sensacional McLaren MP4 12C de sua própria equipe, fazendo dupla com o português Álvaro Parente.

 

Também de Portugal vem a Equipe Rodrive, que vai alinhar dois míticos exemplares das corridas de Gran Turismo, o Ford GT, numa formação totalmente brasileira. O catarinense Felipe Tozzo fará dupla com o mato-grossense Raijan Mascarello, dupla vice-campeã da GT Premium brasileira em 2012 e no outro Ford, os gaúchos Cláudio Ricci e Mateus Stumpf, dois pilotos muito rápidos e com potencial de bons resultados.

 

“A expectativa é enorme, ainda estamos nos adaptando à equipe e ao equipamento, que eu, particularmente não conheço tão bem quanto o Mateus, que já correu com o Ford no Brasileiro de Gran Turismo. Porém, os resultados dos testes de pré-temporada nos deixaram animados, pois assim como nós, a equipe também é novata no GT e ficamos a apenas 1,7s do melhor tempo da Equipe Boutsen Ginion com seu McLaren de fábrica”, afirmou Ricci, às vésperas de embarcar para a França.

 

Os treinos começam na próxima sexta-feira (29) com uma sessão livre de 1h20m. No sábado (30), mais um treino livre matutino com a mesma duração, que precede a classificação, com uma hora de duração, disputada no período vespertino. No domingo (31), a primeira corrida, chamada de Corrida Classificatória, com uma hora de duração e na segunda feira (01), a prova final, também com 60 minutos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *