FIA GT: Time brasileiro luta por mais um bom resultado

Com uma pole e um pódio em três corridas, Sangari Team Brazil espera manter a boa fase.

O tradicional circuito de Paul Ricard, na França, recebe neste final de semana (3 e 4) a sétima – e penúltima – etapa do campeonato FIA GT, que reúne os principais carros de Gran Turismo do mundo. Com bons resultados logo em seu ano de estréia, a dupla brasileira Roberto Streit e Enrique Bernoldi, que pilotam o Corvette Z06 da equipe Sangari Team Brazil, esperam continuar com o bom desempenho.

O carioca Roberto Streit diz que tanto ele como Bernoldi conhecem apenas a versão curta de Paul Ricard (o circuito tem várias opções de traçado), mas ressalta a confiança na equipe para a etapa. “É uma incógnita para a gente como vai ser o desempenho no circuito francês. Nem eu nem o Enrique conhecemos o traçado longo, que é onde vamos correr, mas já estamos bem acostumados com o carro confiamos muito no trabalho da equipe que tem um retrospecto muito bom nessa pista”.

Streit, que já competiu no Super GT japonês dividindo o carro com outros pilotos, garante que com o companheiro paranaense a adaptação foi bem mais fácil. “Correr com um amigo do lado é bem diferente”, contou. “Eu não conhecia o Bernoldi antes de me tornar companheiro dele no Sangari Team Brazil, mas acabamos criando uma amizade bastante próxima e isso ajuda muito a correr em dupla”, garantiu.

Já Bernoldi enfrentou um problema de agenda, sendo que o piloto também disputa a Fórmula Superliga defendendo as cores do Flamengo – a competição realiza etapa neste final de semana no circuito de Monza, na Itália. “Foi uma decisão difícil, mas o projeto da Sangari, que já havia me patrocinado no ano passado na Fórmula Indy, é realmente muito bom e vem se tornando cada vez mais conhecido no automobilismo”, explicou Bernoldi. “Então escolhi por defender o Sangari Team Brazil no FIA GT e lutar por mais um bom resultado junto ao Roberto Streit”, completou.

O time brasileiro, apesar de ter apenas três corridas na temporada, já tem um pódio – em Budapeste, na Hungria –, uma pole position na última prova no Algarve (Portugal), além de liderar voltas em todas as suas participações no FIA GT. Desta vez, os brasileiros não terão a companhia do holandês Xavier Maasen, que ajudou o time em duas corridas neste ano.

“Os bons resultados nos animam para lutar ainda mais aqui na França e, quem sabe, conseguir uma posição ainda melhor”, finalizou Streit.

A programação do FIA GT no traçado francês terá início já nesta sexta-feira (2) com os primeiros treinos livres. No sábado (3), o piloto que largará na prova fará o treino classificatório. A sétima etapa da temporada começa às 9h15 do domingo (4), pelo horário oficial de Brasília.

Veja todos os horários do FIA GT (horário de Brasília):

Sexta-feira (2 de outubro)
7.00 – 8.20 FIA GT Championship Free Practice 80’
12.10 – 15.30 FIA GT Championship Pre-Qualifying Session 80’

Sábado (3 de outubro)
06h15 às 06h50 – Treino Classificatório

Domingo (4 de outubro)
04h00 às 04h30 – Warm up
09h15 às 11h15 – 7ª etapa (120 minutos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *