FIA GT: Zonta prioriza Stock Car e não corre no Algarve

Paranaense foca suas atenções na etapa de Campo Grande, mas retorna ao Lamborghini da equipe Reiter na corrida seguinte, em Navarra

Ricardo Zonta será a ausência mais sentida na etapa do Algarve (em Portugal) do FIA GT, a sétima da temporada 2010. O paranaense, campeão de 2008 e piloto do Lamborghini Murcielago 670 R-S da equipe Reiter, teve de optar por correr no Mundial ou na etapa de Campo Grande da Stock Car.

O paranaense, ex-piloto das equipes McLaren, BAR, Jordan, Renault e Toyota na F-1, ocupa a décima posição no FIA GT com uma vitória e 42 pontos, 39 atrás dos líderes, Andrea Bertolini e Michael Bartels, da Maserati, mas preferiu voltar suas atenções à equipe que dirige no Brasil.

“No ano passado, abri mão de algumas corridas aqui no Brasil para correr lá fora; neste ano, decidi fazer o oposto. Quero colocar o time em uma posição melhor no campeonato de equipes, por isso vou me concentrar em Campo Grande. Mas não abri mão do FIA GT e estarei presente na próxima etapa, na Espanha”, completou o piloto, que também atua no GT Brasil, onde foi o terceiro colocado em uma das provas do Velopark.

A próxima etapa do FIA GT acontece em Navarra, na Espanha, em 24 de outubro. A categoria visita o Brasil pela primeira vez no dia 28 de novembro, quando disputará a penúltima etapa da temporada, no circuito de Interlagos, em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *