FIA GT1: Zonta corre na Alemanha de olho no título

Paranaense disputa sexta etapa em Nürburgring impulsionado pela vitória conquistada na corrida anterior, em Spa-Francorchamps

Vencedor da última etapa do FIA GT, em Spa-Francorchamps, Ricardo Zonta parte para Nürburgring, palco da sexta corrida da temporada 2010, de olho na briga pelo campeonato. O brasileiro interrompe a preparação para a Corrida do Milhão, que coincide com o centenário do Corinthians (equipe que representa na Stock Car), para retornar ao volante do Lamborghini Murcielago 670 R-S na Alemanha.

Zonta já encara a corrida com um novo ânimo, principalmente após o êxito dominante em solo belga ao lado do parceiro Frank Kechele. “Com certeza, isso aumenta a motivação de toda a equipe, ainda mais depois de 11 anos sem uma vitoria. Sem contar que as chances de disputar o titulo tambem aumentaram”, comenta o paranaense, dono de 42 pontos e da sexta posição na tabela de classificação, mesmo não disputando duas provas.

Por ter conquistado a primeira posição em Spa-Francorchamps, Zonta e Kechele carregarão um “presente de grego” no Lamborghini Murcielago: um lastro de 40 kg destinado aos vencedores da etapa anterior. “Isso vai nos custar alguns décimos”, ressalta o campeão de 1998, que também tem passagem pelas equipes McLaren, BAR, Jordan, Toyota e Renault na F-1. “Por isso que o trabalho vai ter de ser ainda mais perfeito para a gente conseguir algum resultado”, analisou.

Palco da competição deste fim de semana, Nürburgring (anel de Nürburg, em alemão) já teve um traçado de mais de 22 km. Reformado em 1984 e, posteriormente, nos últimos anos, possui um traçado de 5.148 km e 16 curvas. E, para conquistar a honra de ser o “Lord of the Ring”, Zonta conta com um aliado no próprio cockpit: Kechele, seu parceiro, é alemão e “viciado” em Nürburgring. “Sua presença ajudará muito. Ele diz que esta é pista que ele mais gosta e tem muita experiência, já que sua formação como piloto teve Nürburgring como um dos cenários”, completou.

O FIA GT divide a pista alemã com outras quatro categorias: GT4 europeia, a F-3 Cup, a F-Masters e o GT Masters. A programação prevê um treino livre e a pré-classificação na sexta-feira. O sábado será composto da classificação e da corrida classificatória, com a sexta etapa marcada para as 10h15 (de Brasília) do domingo. A prova pode ser acompanhada ao vivo pelo site oficial (www.gt1world.com). Os canais por assinatura Bloomberg Television e ESPN HD exibirão a etapa em horário alternativo.

Programação do fim de semana em Nürburgring

Sexta-feira, 27 de agosto
5h40 – 7h: Treino livre
11h10 – 12h30: Pré-classificação

Sábado, 28 de agosto
4h – 5h: Classificação
9h15 – 10h15: Corrida de classificação (máximo de 60 minutos)

Domingo, 29 de agosto
5h15 – 5h45: Warm Up
10h15 – 11:15: Corrida – 6ª etapa (máximo de 60 minutos)

Classificação do FIA GT após cinco etapas disputadas

1°. Andrea Bertolini e Michael Bartels, 83 pontos
2°. Thomas Mutsch, 77
3°. Romain Grosjean, 62
4°. Frank Kechele, 46
5°. Alfrid Heger, 43
6°. Ricardo Zonta, 42
7°. Fréderic Makowiecki, 40
8°. Marc Hennerici, 40
9°. Thomas Accary, 38
10°. Peter Dumbreck e Michael Krumm, 37
13°. Enrique Bernoldi, 28 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *