FIA investiga “marmelada” da Renault em GP noturno

A FIA está prestes a iniciar uma polêmica investigação na Fórmula 1, segundo informações da revista inglesa Autosport. Um acidente de Nelsinho Piquet no GP de Cingapura de 2008, o único noturno da temporada, pode ter sido uma “marmelada” para facilitar a vitória de Fernando Alonso, companheiro de Nelsinho na Renault.

Na ocasião, Alonso parou para reabastecer logo no início da corrida, mas precisaria de um safety car na pista para sua tática ter sucesso. Algumas voltas depois da parada, Nelsinho Piquet bateu, segundo muitos, de forma suspeita. O safety car entrou na pista e contribuiu para a vitória do piloto espanhol.

A coincidência no acidente gerou teorias “conspiratórias” no sentido de que Nelsinho teria recebido uma ordem da equipe, mais precisamente do chefe da Renault, Flavio Briatore. Na época, o piloto brasileiro se defendeu das acusações.

“Foi erro meu. Tentamos duas estratégias extremas, com Alonso em paradas mais curtas e eu em uma longa, na esperança de termos um safety car. Se eu não tivesse me acidentado, poderia ter tido sorte com o safety no decorrer da prova”, declarou Nelsinho.

A FIA ainda não elabotou um relatório com detalhes da investigação, mas uma fonte confirmou que ela está em andamento. “A FIA já pode confirmar que uma investigação está em curso sobre uma prova ocorrida no campeonato passado”, afirmou uma fonte da entidade.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *