FIA WTCR: Augusto Farfus fecha etapa de Hungaroring com três top-10

A segunda etapa do FIA WTCR foi concluída neste domingo (28), no circuito de Hungaroring, com corridas emocionantes e muito disputadas. Para Augusto Farfus, a rodada foi de grande evolução e o brasileiro concluiu as três corridas no top-10, entre os 26 pilotos do grid, atingindo o objetivo de somar bons pontos e subir na classificação geral.

A tomada de tempos de domingo definiu os grids de largada das corridas 2 e 3. Com o 8º lugar no Q2, o curitibano garantiu o 3º lugar para o início da 2ª prova – pela regra de inversão do top-10. Uma forte garoa na hora da corrida bagunçou as estratégias de pneus, e causou muita confusão durante toda a prova. Após uma largada bastante conturbada, com diversos toques ao longo do grid, Farfus caiu para 6º, e quase foi tirado da corrida. Com o carro bem danificado, Augusto conseguiu se manter no top-5 e segurar seus adversários por boa parte da prova. Porém, faltando três voltas para o final, o brasileiro foi tocado novamente e terminou em 9º.

Já na terceira e mais longa prova da etapa, o piloto da equipe BRC Hyundai N Lukoil Racing Team também esteve sempre entre os 10 melhores, e cruzou a linha de chegada em 8º lugar após 18 voltas.

No dia anterior, Augusto teve um desempenho consistente. O brasileiro largou na 9ª posição, chegou a caiu um pouco nas primeiras voltas, mas recuperou terreno para completar as 12 voltas em 9º lugar, sendo o melhor entre os pilotos Hyundai na prova.

Com os resultados de seu segundo final de semana na categoria, pontuando nas três corridas da rodada, Augusto Farfus subiu para o 11º lugar no campeonato. A próxima etapa do FIA WTCR, a 3ª de um total de 10, está marcada entre os dias 10 e 12 de maio, na Eslováquia.

Antes disso, o brasileiro ainda disputa mais uma etapa do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC) pela BMW, nas 6 Horas de Spa-Francorchamps, que acontece entre os dias 2 e 4 de maio, e será o último desafio do calendário antes da lendária 24 Horas de Le Mans, que fecha a Super Temporada 2018-2019 do campeonato, em junho.

Augusto Farfus:

“O resumo do fim de semana foi positivo, fizemos três top-10 e o ritmo era muito competitivo. Infelizmente na corrida 2, em que larguei mais pra frente, com o clima mudando e a garoa no início, tomei muitos toques na primeira volta, e fiz a corrida inteira com a suspensão traseira quebrada, então foi muito bom conseguirmos chegar ao fim e pontuar, porém isso comprometeu um resultado melhor. No geral, mostramos uma performance mais forte do que na primeira etapa, o que foi realmente importante para a temporada. Sabemos que o campeonato é longo e vamos em busca de recuperar os pontos. Agora, me foco nas 6 Horas de Spa-Francorchamps com a BMW, que será uma preparação fundamental pra Le Mans.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *