Fórmula-1: Lewis Hamilton vence GP da Emilia-Romagna

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu o GP da Emilia-Romagna, em Imola, na Itália, 13ª etapa da temporada. Foi a nona vitória de Hamilton no ano, e 93ª na categoria. O finlandês Valtteri Bottas completou a dobradinha da Mercedes. O australiano Daniel Ricciardo (Renault) foi o terceiro.

1283338130

Pole-position Bottas manteve a ponta na largada, com o holandês Max Verstappen (Red Bull) superando Hamilton. Ricciardo vinha em quarto, seguido pelo francês Pierre Gasly (Alpha Tauri).

Com um capacete em homenagem ao brasileiro Ayrton Senna, Gasly abandonou logo na oitava volta, com vazamento de óleo.

Na 10ª volta o finlandês tinha1,5 segundos de vantagem sobre Verstappen, que tinha a mesma vantagem para Hamilton.

Na 18ª volta Verstappen parou nos boxes, com Bottas fazendo a troca de pneus na volta seguinte.

Hamilton decidiu estender a sua permanência na pista, avisando da decisão, pelo rádio, ao engenheiro Pete Bonnington.  Na 26ª volta, chegando rapidamente em um bloco de retardatários, Hamilton confirmou à Bonningon que podia ficar mais dez voltas na pista.

Três voltas depois o francês Esteban Ocon (Renault) com a transmissão saindo muita fumaça, parou na pista. O Safety-Car Virtual foi acionado, e Hamilton então aproveitou para colocar pneus duros. Voltando à pista com quatro segundos de vantagem sobre Bottas, que tinha danos no assoalho, depois de passar por pedaços de carros na segunda volta.

Na 43ª volta, Bottas deu uma travada na Rivazza, com Verstappen colando na traseira da Mercedes, e superando o finlandês, por fora, na Tamburello.  Hamilton tinha 12 segundos de vantagem sobre Verstappen.

Na 51ª volta, um pneu da Red Bull #33 estourou, com o holandês rodando na curva Villeneuve, parando na brita. O Safety-Car foi acionado.  Bottas fez a sua segunda parada nos boxe. Com Hamilton colocando pneus macios na volta seguinte, mantendo a liderança.

Na décima posição, o britânico George Russell (Williams) acelerou demais atrás do Safety-Car, e acertou com força o muro na Acque Minerale. O piloto, decepcionado pelo erro que custou o seu primeiro ponto na categoria, sentou na grama, não acreditando no erro.

A prova recomeçou na 58ª volta, com Hamilton mantendo a ponta, com tranquilidade, até o final. Vencendo com cinco segundos de vantagem sobre Bottas. Ricicardo completou o pódio.

1283335172

O russo Daniil Kvyat (Alpha Tauri) termnou em quarto, seguido pelo monegasco Charles Leclerc (Ferrari) e o mexicano Sergio Pérez (Racing Point).

As duplas da McLaren, o espanhol Carlos Sainz Jr. e o britânico Lando Norris, e da Alfa-Romeo, o finlandês Kimi Raikkonen e o italiano Antonio Giovinazzi, fecharam a zona de pontos.

Hamilton lidera o campeonato com 282 pontos, seguido por Bottas com 197 e Verstappen com 162.

A Mercedes conquistou o título de construtores antecipadamente. O sétimo título consecutivo da equipe.

1283339766

Final:

1 Lewis HAMILTON Mercedes Mercedes 63
2 Valtteri BOTTAS Mercedes Mercedes 63
3 Daniel RICCIARDO Renault Renault 63
4 Daniil KVYAT AlphaTauri Honda 63
5 Charles LECLERC Ferrari Ferrari 63
6 Sergio PEREZ Racing Point BWT Mercedes 63
7 Carlos SAINZ McLaren Renault 63
8 Lando NORRIS McLaren Renault 63
9 Kimi RAIKKONEN Alfa Romeo Ferrari 63
10 Antonio GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 63
11 Nicholas LATIFI Williams Mercedes 63
12 Romain GROSJEAN Haas Ferrari 63
13 Sebastian VETTEL Ferrari Ferrari 63
14 Lance STROLL Racing Point BWT Mercedes 63
15 Alexander ALBON Red Bull Honda 63
ab George RUSSELL Williams Mercedes 51
ab Max VERSTAPPEN Red Bull Honda 50
ab Kevin MAGNUSSEN Haas Ferrari 47
ab Esteban OCON Renault Renault 27
ab Pierre GASLY AlphaTauri Honda 8

1283340842

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *