Fórmula-1: Lewis Hamilton vence o acidentado GP da Toscana

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu neste domingo (13/09) o GP da toscana, no Autódromo Internazionale de Mugello, na Itália, nona etapa da temporada. Foi a sétima vitória de Hamilton no ano, e 90ª na categoria. O finlandês Valtteri Bottas completou a dobradinha da Mercedes. O tailandês Alexander Albon (Red Bull) conquistou o seu primeiro pódio, e do seu país, na categoria.

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu neste domingo (13/09) o GP da toscana, no Autódromo Internazionale de Mugello, na Itália, nona etapa da temporada. Foi a sétima vitória de Hamilton no ano, e 90ª na categoria. O finlandês Valtteri Bottas completou a dobradinha da Mercedes. O tailandês Alexander Albon (Red Bull) conquistou o seu primeiro pódio, e do seu país, na categoria.

Na largada Bottas partiu melhor e superou o pole Haimilton, assumindo a liderança. Pouco depois, entre as curvas 1 e 2, uma confusão envolveu sete carros, provocando o abandono imediato do francês Pierre Gasly (Alpha Tauri), vencedor do GP da Itália, e do holandês Max Verstappen (Red Bull). O Safety-Car foi acionado.

Na relargada, na quinta volta, Bottas ficou muito lento, provocando um amontoado de carros no meio do grid. E uma sucessão de batidas, que provocaram o abandono do espanhol Carlos Sainz Jr. (McLaren), do italiano Antônio Giovinazzi (Alfa-Romeo), do dinamarquês Kevin Magnussen (Haas) e do canadense Nicolas Latifi (Williams). Com tantos destroços na pista, a bandeira vermelha foi acionada. Com um novo procedimento de largada. Na relargada, na nona volta, Hamilton superou Bottas.            

Rapidamente Hamilton abriu uma confortável vantagem, fazendo o seu primeiro pit stop, sem perder a ponta.  Na 42ª volta o canadense Lance Stroll (Racing Point), que ocupava a quarta posição, bateu forte, provocando a segunda bandeira amarela. Na sequência Hamilton fez o seu segundo pit stop.

Hamilton manteve o controle na terceira largada parada da prova, na 47 volta. O hexacampeão mundial levou o carro, sem problemas até o final, vencendo com 4s8 de vantagem sobre Bottas. Albon se tonou o primeiro tailandês a subir as pódio de um GP oficial de F´1.

O australiano Daniel Ricciardo (Renault) terminou em quarto, seguido pelo mexicano Sergio Pérez (Racing Point), e o britânico Lando Norris (McLaren).

O russo Daniil Kvyat (Alpha Tauri), o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), o finlandês Kimi Raikkonen (Alfa-Romeo) e o alemão Sebastian Vettel (Ferrari) fecharam a zona de pontos.

Hamilton lidera o campeonato com 190 pontos, seguido por Bottas com 135.  

A próxima etapa, o GP da Russia, em Sochi, acontece no dia 27 de setembro.

 

 

Final:

1 44 Lewis HAMILTON Mercedes Mercedes 59 voltas em 2h 19m 35.060s ( 133.037 km/h )
2 77 Valtteri BOTTAS Mercedes Mercedes 59 2h 19m 39.940s ( +04.881s )
3 23 Alexander ALBON Red Bull Honda 59 2h 19m 43.124s ( +08.064s )
4 3 Daniel RICCIARDO Renault Renault 59 2h 19m 45.477s ( +10.417s )
5 11 Sergio PEREZ Racing Point BWT Mercedes 59 2h 19m 50.710s ( +15.650s )
6 4 Lando NORRIS McLaren Renault 59 2h 19m 53.943s ( +18.884s )
7 26 Daniil KVYAT AlphaTauri Honda 59 2h 19m 56.816s ( +21.757s )
8 16 Charles LECLERC Ferrari Ferrari 59 2h 20m 03.405s ( +28.346s )
9 7 Kimi RAIKKONEN Alfa Romeo Ferrari 59 2h 20m 04.830s ( +29.771s ) *
10 5 Sebastian VETTEL Ferrari Ferrari 59 2h 20m 05.043s ( +29.983s )
11 63 George RUSSELL Williams Mercedes 59 2h 20m 07.464s ( +32.404s )
12 8 Romain GROSJEAN Haas Ferrari 59 2h 20m 17.096s ( +42.036s )
ab 18 Lance STROLL Racing Point BWT Mercedes 42
ab 31 Esteban OCON Renault Renault 7
ab 6 Nicholas LATIFI Williams Mercedes 5
ab 20 Kevin MAGNUSSEN Haas Ferrari 5
ab 99 Antonio GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 5
ab 55 Carlos SAINZ McLaren Renault 5
ab 33 Max VERSTAPPEN Red Bull Honda 0
ab 10 Pierre GASLY AlphaTauri Honda 0

*Punido em cinco segundos por passar pela faixa brnaca na entrada dos boxes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *