Fórmula-2: Artem Markelov e Antonio Fuoco vencem em Mônaco

O russo Artem Markelov (Russiam Time) e o italiano Antonio Fuoco (Charouz Racing System) foram os vencedores da quarta etapa da temporada, disputada no Circuito de Monte Carlo em Mônaco.

Prova 1:

Na sexta-feira (25/05) Markelo venceu a primeira prova da etapa. O indonésio Sean Gelael (PERTAMINA PREMA Theodore Racing) e o espanhol Roberto Merhi (MP Motorsport) completaram o pódio.

Pole-position o tailandês Alexander Albon (DAMS) manteve a ponta na largada, seguido pelo holandês Nick de Vries (PERTAMINA PREMA Theodore Racing).

Logo na largada o Safety-Car foi acionado, depois que o italiano Luca Ghiotto (Campos Vexatec Racing) ficou parado no Gruard-Rail, ao ser espremido por Fuoco.

Na 13ª volta o Safety-Car foi acionado, depois de um toque do britânico Lando Norris (Carlin), no alemão Ralph Boschung (MP Motorsport).  Duas voltas depois Albon e de Vries foram entrar nos boxes, para o pit stop obrigatório, e se tocaram, com o tailandês rodando. Os dis voltaram a pista, mas abandonaram pouco depois.

Markelov, que havia alinhado em terceiro, assumiu a ponta, mas sem ainda ter feito o seu pit stop. Gelaen, em segundo, já havia parado. O russo então acelerou, abrindo vantagem suficiente para fazer a parada, e voltar na liderança. Vencendo com 10s713 de vantagem.  Merhi fechou o pódio.

O francês Jean Delétraz (Charouz Racing System) terminou em quarto, seguido pelo indiano Arjun Maini (Trident). Norris, que levou um stop and go pelo toque em Boschung, fez uma grande recuperação, em sexto lugar.

O britânico Jack Aitken (ART Grand Prix), Fuoco, o canadense Nicolas Latifi (DAMS) e o japones Nirei Fukuzumi (BWT Arden) completaram a zona de pontos.

O brasileiro Sérgio Sette Câmara (Carlin) foi vetado pelo departamento médico da FIA, e ficou fora da etapa. Câmara sofreu um acidente no treino classificatório, sofrendo uma luxação no pulso da mão direita.

Final, prova 1:

1 1 A. Markelov RUSSIAN TIME 42 voltas em 1:02:03.286
2 3 S. Gelael PERTAMINA PREMA Theodore Racing a 10.713
3 9 R. Merhi MP Motorsport a 15.489
4 20 L. Delétraz Charouz Racing System a 19.236
5 16 A. Maini Trident a 20.135
6 19 L. Norris Carlin a 20.637
7 7 J. Aitken ART Grand Prix a 21.986
8 21 A. Fuoco Charouz Racing System a 23.855
9 6 N. Latifi DAMS a 24.861
10 12 N. Fukuzumi BWT Arden a 30.944
11 11 M. Günther BWT Arden a 31.532
12 15 R. Nissany Campos Vexatec Racing a 49.749
13 17 S. Ferrucci Trident a 37.692
14 2 T. Makino RUSSIAN TIME a 3 voltas

Abandonos:

5 A. Albon DAMS 22
4 N. de Vries PERTAMINA PREMA Theodore Racing 19
10 R. Boschung MP Motorsport 11
8 G. Russell ART Grand Prix 5
14 L. Ghiotto Campos Vexatec Racing 0

Prova 2:

Neste sábado (26/05) Fuoco venceu de ponta a ponta a prova curta da etapa. Foi a segunda vitória de Fuoco na categoria. Norris e Déletraz completaram o pódio.

Pole-position (grid dos oito primeiros da primeira prova invertido) Fuoco segurou os ataques de Norris nas voltas iniciais. Com uma sucessão de acidentes (que resultaram em cinco bandeiras amarelas, sendo três com o Safety-Car e duas com o Safety-Car Virtual), Fuoco recebeu a bandeira quadriculada atrás do carro de segurança. Depois de um intenso duelo, Déletraz venceu a disputa com Markelov, pela última posição no pódio.      

Fórmula-2: Artem Markelov e Antonio Fuoco vencem em MônacoMerhi terminou em quinto, seguido por Maini e o alemão Maximilian Günther (BWT Arden) e Latifi.

O Safety-Car foi acionado logo na largada, depois que de Vries ser acertado por Ghiotto.  Na quarta volta Gelael acertou o guard-rail na entrada do S da Piscina, provocando mais um SC.

Na 20ª volta o britânico George Russell (ART Grand Prix), que havia batido na prova de sexta-feira, voltou a acertar o muro.

Sete voltas depois Albon e o israelense Roy Nissany (Campos Vexatec Racing) se tocaram na saída do túnel. Nissany rodou, com Albon batendo forte na barreira de proteção.  A relargada aconteceu na 29ª, de 30 voltas programadas. O norte-americano Santino Ferrucci (Trident) e Fukuzumi se tocaram na Sainte Dévote, com a prova terminando com o SC.

Após a prova, quatro pilotos foram penalizados, por infrações durante a prova: Fuoco, Norris, Merhi e Ferruci. As punições alteraram os resultados de Norris, que caiu de segundo para terceiro, e Merhi, de quinto para sétimo.

Norris lidera o campeonato com 98 pontos, seguido por Markelov e Albon, empatados com 71.

A próxima etapa acontece no Circuito de Paul Ricard, na França, nos dias 23 e 24 de junho.

Final, prova 2:

1 21 A. Fuoco Charouz Racing System 30 voltas em 48:52.373 *
2 20 L. Delétraz Charouz Racing System a 2.069
3 19 L. Norris Carlin a 2.172 **
4 1 A. Markelov RUSSIAN TIME a 4.091
5 16 A. Maini Trident a7.449
6 11 M. Günther BWT Arden a 7.955
7 9 R. Merhi MP Motorsport a 11.099 **
8 6 N. Latifi DAMS a 12.242 volta
9 4 N. de Vries PERTAMINA PREMA Theodore Racing a1
10 14 L. Ghiotto Campos Vexatec Racing a1
11 12 N. Fukuzumi BWT Arden a 3
12 17 S. Ferrucci Trident a 3 **
* Punido em 0s8
** Punido em 1s1
*** Punido em 5s
**** Punido em dez segundos

Abandonos:
15 R. Nissany Campos Vexatec Racing 25
5 A. Albon DAMS 25
10 R. Boschung MP Motorsport 20
8 G. Russell ART Grand Prix 18
3 S. Gelael PERTAMINA PREMA Theodore Racing 3
2 T. Makino RUSSIAN TIME 2
7 J. Aitken ART Grand Prix 1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *