Fórmula-2: Liam Lawson e Felipe Drugovich vencem na Arábia Saudita

O neozelandês Liam Lawson (Carlin) e o brasileiro Felipe Drugovich (MP Motorsport) foram os vencedores da segunda etapa da temporada, disputada no Circuito Jeddah Corniche, na Arábia Saudita.

No sábado (26/03), Lawson venceu a primeira prova (Sprint Race), seguido pelo estoniano Juri Vips (Hitech) e Drugovich. O brasileiro Enzo Fittipaldi (Charouz) terminou em décimo, duas posições acima da zona de pontos da prova curta.

Neste domingo (27/03) Drugovich venceu a principal da etapa (Feature Race) após sair da pole-position. O holandês Richard Verschoor (Trident) e o indiano Jehan Daruvala (Prema) completaram o pódio. Fittipaldi terminou na 11ª posição, uma acima da zona de pontos, da prova longa.

“Foi um final de semana perfeito, incrível. Primeiro no treino e na tomada e ontem terminando em terceiro depois de largar em 10º”, disse Felipe Drugovich. “E hoje venci largando na pole position. Estou muito feliz, por mim e pela equipe. Trabalhamos muito para isso, principalmente para este final de semana que sabíamos que podia ser muito bom. Queríamos maximizar tudo o que tínhamos e conseguimos. Essa vitória me dá muita confiança depois de um ano difícil em 2021 e começar a temporada desta forma, vencendo e liderando o campeonato, é muito bom. Vamos continuar trabalhando para continuar crescendo”, finalizou.

Drugovich lidera o campeonato com 45 pontos, seguido por Lawson com 34.

A próxima etapa, em Imola, acontece nos dias 23 e 24 de abril.

Final, prova 1, sábado, 26/03:

1 – Liam Lawson – Carlin – 20 voltas em 47’55″487
2 – Juri Vips – Hitech – 3″166
3 – Felipe Drugovich – MP Motorsport – 4″846
4 – Calan Williams – Trident – 6″277
5 – Richard Verschoor – Trident – 12″121
6 – Ayumu Iwasa – DAMS – 13″520
7 – Jehan Daruvala – Prema – 15″237
8 – Marino Sato – Prema – 16″040
9 – Roy Nissany – DAMS – 17″390
10 – Enzo Fittipaldi – Charouz – 17″441
11 – Clement Novalak – MP Motorsport – 18″739
12 – Frederik Vesti – Charouz – 20″298
13 – Theo Pourchaire – Charouz – 20″569
14 – Olli Caldwell – Campos – 25″495
15 – Ralph Boschung – Campos – 34″454
16 – Dennis Hauger – Prema – 51″495

Volta mais rápida: Juri Vips 1’43″284

Abandonos:
Marcus Armstrong – Hitech – 18 voltas
Logan Sargeant – Carlin – 6
Jack Doohan – Virtuosi – 6
Amaury Cordeel – Van Amersfoort – 2

Desclassficado:

Jake Hughes – Van Amersfoort –

Não largou:

Cem Bolukbasi – Charouz –

Final, prova 2, domingo 27 de março:

1 – Felipe Drugovich – MP Motorsport – 27 voltas em 47’41″485
2 – Richard Verschoor – Trident – 2″379
3 – Jehan Daruvala – Prema – 15″358
4 – Jake Hughes – Van Amersfoort – 19″117
5 – Marcus Armstrong – Hitech – 20″595
6 – Dennis Hauger – Prema – 21″071
7 – Ayumu Iwasa – DAMS – 27″108
8 – Roy Nissany – DAMS – 28″428
9 – Jack Doohan – Virtuosi – 28″861
10 – Jüri Vips – Hitech – 32″173
11 – Enzo Fittipaldi – Charouz – 32″647
12 – Logan Sargeant – Carlin – 37″612
13 – Calan Williams – Trident – 38″282
14 – Clément Novalak – MP Motorsport – 42″370
15 – Ralph Boschung – Campos – 47″601
16 – Olli Caldwell – Campos – 48″706
17 – Marino Sato – Charouz – 50″384
18 – Frederik Vesti – Charouz – 1 volta

Volta mais rápida: Jack Doohan 1’43″098

Abandonos:

Liam Lawson – Carlin – 10
Theo Pourchaire – ART – 7

Não largou:

Amaury Cordeel – Van Amersfoort –

Campeonato:

1.Drugovich 45 pontos; 2.Lawson 34; 3.Verschoor 32; 4.Vips 28; 5.Pourchaire 25; 6.Daruvala 25; 7.Armstrong 20; 8.Boschung 17; 9.Hughes 14; 10.Iwasa 10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *