Fórmula Academy Sudamericana: Nova categoria anuncia calendário com etapas no Brasil

Das oito rodadas duplas programadas, sete serão realizadas em território brasileiro; campeonato tem início dias 19 e 20 de maio no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos (SP), em conjunto com o Campeonato Paulista de Automobilismo
Sob novo nome, F-Academy Sudamericana vem ao Brasil

A Fórmula Academy Sudamericana, novo nome dado à extinta F4 Sul-americana, anunciou nesta quinta-feira (26) o calendário para a temporada 2018 com novidades para o público brasileiro. A categoria confirmou sete rodadas duplas no Brasil e prevê a realização das provas em autódromos de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, além de uma etapa em Montevidéu, Uruguai. A abertura do campeonato está marcada para acontecer nos dias 19 e 20 de maio no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos (SP), em conjunto com o Campeonato Paulista de Automobilismo.

Após passar por circuitos na Argentina e Uruguai nos últimos anos, a categoria tomou a decisão de estabelecer sua base no Brasil e ter uma aproximação maior com o automobilismo do país. Para isso, o diretor do campeonato, o uruguaio Gerardo ‘Tato’ Salaverría, firmou uma parceria com o empresário e piloto Linneu Linardi, da Linardi Sports, a fim de integrar as operações técnicas e promocionais do evento. Desta forma, Salaverría será o responsável pelo fornecimento dos carros, que ficarão sob responsabilidade do engenheiro Rui Salles, em Piracicaba (SP). Linardi cuidará da imagem, promoção, divulgação e comercialização do evento.

De acordo com Salaverría, o objetivo é adquirir mais visibilidade no país e atrair jovens pilotos que têm como meta dar seus primeiros passos no automobilismo. “Queremos estar bastante presentes no Brasil, um país com muita tradição no automobilismo e que sempre formou grandes pilotos. Já estivemos por aqui há alguns anos e os resultados foram muito bons. Agora, criamos uma parceria com os campeonatos regionais, que certamente trará benefícios para todos”, afirma Salaverría.

Para Linardi, a chegada da categoria representa um importante passo no sentido de fomentar o automobilismo no Brasil, uma vez que o país não tem, pela primeira vez desde 1970, um representante na Fórmula 1. “A Fórmula Academy Sudamericana pretende preencher uma lacuna que existe no automobilismo brasileiro. Nossa intenção é profissionalizar cada vez mais o esporte e dar oportunidades aos jovens pilotos que desenvolveram o potencial que adquiriram com o kart. A peça para nós é o piloto e faremos tudo para a promoção do talento de cada um nas pistas”, explica Linardi.

A Fórmula Academy Sudamericana passará pelos autódromos de Interlagos (SP), Cascavel (PR), Londrina (PR), Curitiba (PR), Campo Grande (MS) e Velo Città (SP), sempre em conjunto com os campeonatos locais. Além disso, o circuito de El Pinar, em Montevidéu, Uruguai, receberá a última etapa da temporada. “São pistas históricas, cheias de tradição e que certamente desenvolverão as habilidades de nossos pilotos. Esperamos grids cheios e um espetáculo bonito para os amantes do automobilismo”, diz Salaverría.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que a categoria realiza suas corridas em território brasileiro. Em 2014, quando o campeonato tinha a denominação de F4 Sul-americana, uma das etapas aconteceu no Autódromo Internacional de Tarumã (RS) e, no ano seguinte, a organização desembarcou nos circuitos de Cascavel (PR) e Londrina (PR).

Com relação ao formato da programação dos fins de semana, os pilotos terão dois treinos livres, uma classificação e duas corridas. O sistema de pontuação tem como base o critério adotado na Fórmula 1. Desta forma, o vencedor leva 25 pontos, o segundo colocado, 18; 3º, 15; 4º, 12; 5º, 10; 6º, 8; 7º, 6; 8º, 4; 9º, 2; 10º, 1. O pole position e o dono da volta mais rápida de cada corrida ganham um ponto. Para a segunda prova, o grid será formado com base no resultado da primeira, mas com os seis primeiros colocados em ordem invertida.

Todas as provas terão exibição do canal por assinatura Bandsports, sempre no fim de semana seguinte à realização das etapas. Além disso, a categoria confirmou parceria com a dupla sertaneja Fernando e Sorocaba, já que o fim de semana de corrida não será dedicado apenas às atividades ligadas ao automobilismo, mas também às atrações especiais voltadas ao entretenimento.

O campeonato e o carro

A filosofia do campeonato é oferecer igualdade de condição para todos os pilotos com baixo custo. Para isso, a categoria adota o sistema de monogestão. Os chassis são da empresa francesa Signatech, feitos em fibra de carbono com o padrão FIA de qualidade e segurança. O câmbio é o Sadev SL66 Sequencial e os motores Fiat 1.8, 16 válvulas com 160 cavalos dão oportunidade aos jovens de se desenvolverem como pilotos. O volante é o mesmo utilizado pela GP3, com aquisição de dados e sensores dos principais parâmetros de motor, força G, velocidade e freios. Assim, os pilotos terão a oportunidade de aprender os conceitos básicos do automobilismo, sendo orientados por engenheiros e profissionais disponibilizados pela organização.

Calendário da temporada 2018:
1ª etapa – 20 de maio – Autódromo José Carlos Pace / São Paulo (SP)
2ª etapa – 10 de junho – Autódromo Zilmar Beux / Cascavel (PR)
3ª etapa – 22 de julho – Autódromo Internacional Ayrton Senna / Londrina (PR)
4ª etapa – 19 de agosto – Autódromo Internacional de Curitiba / Pinhais (PR)
5ª etapa – A definir – Autódromo Internacional de Campo Grande / Campo Grande (MS)
6ª etapa – 14 de outubro – Autódromo Velo Città / Mogi-Guaçu (SP)
7ª etapa – 25 de novembro – Autódromo José Carlos Pace / São Paulo (SP)
8ª etapa – 9 de dezembro – Autódromo de El Pinar / Montevidéu (URU)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *