Fórmula E: Bruno Senna anuncia estreia na Fórmula E pela Mahindra

Brasileiro reedita parceria com piloto indiano na nova série de carros elétricos

Bruno Senna anunciou nesta segunda-feira em Mumbai (Índia) que disputará o primeiro campeonato da Fórmula E, a série de carros elétricos criada pela FIA. O piloto brasileiro correrá pela equipe Mahindra e terá como parceiro o indiano Karun Chandhok, com quem já dividiu os boxes na Fórmula GP2 pela iSport e na Fórmula 1 em sua temporada de estreia pela HRT.

Bruno já havia estabelecido as bases do contrato desde o fim da temporada passada e por isso abriu mão de outras possibilidades da carreira, inclusive a vinda para a Stock Car no Brasil. “Estou bastante animado com essa nova fase. Temos toda uma estrutura de fábrica por trás da operação e o próprio chefe da área de carros elétricos da Mahindra vai se envolver diretamente no projeto. Noto que todos estão motivados e me sinto satisfeito por ter um objetivo muito legal para este ano, que é o de brigar pelo título”, explicou.

A Fórmula E representa na prática a preocupação da FIA com a sustentabilidade e a redução de poluentes próprios dos atuais motores utilizados nas pistas de competição. O Spark-Renault SRT-01E é o primeiro carro homologado pela entidade. Outros nomes importantes, como Dallara (fabricante dos chassis), McLaren (eletrônica), Williams (baterias) e Michelin (pneus), estão envolvidos na categoria.

A dupla da Mahindra é a terceira a ser confirmada, juntamente com Lucas di Grassi e Daniel Abt (Abt) e Jaime Alguersuari e Sam Bird (Virgin). “O interesse pela categoria vem aumentando, inclusive na mídia”, disse Bruno, lembrando que quatro dos pilotos garantidos no grid passaram pela Fórmula 1 – além dele e seu companheiro de equipe, também Di Grassi e Alguersuari. “São equipes fortes e com grandes pilotos. Acho que a briga será bastante intensa. Sou muito amigo do Karun, trabalhamos bem em conjunto, mas dentro da pista vou tentar batê-lo como a qualquer outro”, destacou.

A operação de pista da Mahindra ficará sob a responsabilidade da Carlin, uma das principais equipes das divisões de acesso da Europa e atual time do brasiliense Felipe Nasr na GP2. “Temos uma garantia de qualidade, porque eles têm muita experiência em corridas”, lembrou Bruno, cujo primeiro contato com o carro está marcado para o circuito inglês de Donington Park, base da equipe, no dia 4 de junho. “Será apenas um teste primário, um shakedown. Os treinos para valer mesmo começarão dias 3 e 4 de julho.”

O calendário da Fórmula E será cumprido entre setembro próximo e junho de 2015 e as 10 provas estão programadas para pistas de rua. A largada está marcada para 13 de setembro em Pequim (China). Os demais locais e datas são estes: Putrajaya (Malásia), 18 de outubro; Punta del Este (Uruguai), 13 de dezembro; Buenos Aires (Argentina), 10 de janeiro; a definir, 14 de fevereiro;Miami (EUA), 14 de março; Long Beach (EUA), 4 de abril; Montecarlo (Mônaco), 9 de maio; Berlim (Alemanha), 30 de maio; Londres (Inglaterra), 27 de junho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *