Fórmula-E: Categoria pode ser o único campeonato de automobilismo no mundo, afirma Alejandro Agag


TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Alejandro Agag, criador e fundador da Fórmula E, está animado com o futuro da categoria. O espanhol acredita que sua competição pode ser a principal do mundo em 20 ou 30 anos, uma vez existe um declínio gradual da utilização dos motores movidos por combustíveis fosseis.

“Acho que a Fórmula E vai se tornar realmente muito grande. Acredito que em 20, 30, 40 anos, seremos o único campeonato do automobilismo no mundo. Pode até haver outras categorias, mas provavelmente seremos o principal campeonato porque o mundo já será elétrico. E se não for assim daqui 20 ou 30 anos, então teremos muitos problemas. Mesmo que isso aconteça, a Fórmula E vai seguir sendo uma disputa de carros”, declarou em entrevista à ESPN.

O executivo da categoria de carros elétricos, que poderá ter Felipe Massa como piloto no futuro, ainda lembrou da declaração feita pelo empresário Richard Branson. Este afirmou recentemente que a Fórmula E tem totais condições de superar a Fórmula 1 no futuro.

“Eu nunca discordo de Richard Branson. Ele é um homem muito inteligente e toma decisões acertadas a maioria das vezes. Porém, não gostamos de nos colocar em uma posição de rivalidade com a Fórmula 1. Nós amamos a Fórmula 1”.

Alejandro Agag também se mostrou muito empolgado com o presente da sua categoria, que mostrou um bom crescimento no último ano, principalmente com os acordos com grandes montadoras, como Porsche e Mercedes.

“Estamos muito além das nossas expectativas. E estou realmente surpreso. O patrocínio-máster é outro grande passo. Jamais teria imaginado isso quando iniciamos esse projeto. Nós continuamos tendo boas surpresas, então acho que isso provavelmente significa que estamos indo em uma direção correta”, finalizou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Compartilhar
TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *