Super Turismo RS: Um balanço da temporada 2017 e novidades para 2018

O Campeonato Gaúcho de Super Turismo promete algumas novidades para essa segunda temporada, em 2018. Os organizadores comemoram o sucesso das provas em 2017 e já trabalham em melhorias para este ano. Telmo Júnior, um dos organizadores do campeonato, comemora o bom número de carros no grid.

“Foi um ano sem dúvida muito positivo, devido a ser o primeiro ano e nós não sabermos como seria a aceitação do campeonato, das categorias. Como seria o equilíbrio dos carros”, ressalta. “Eu tinha um certo receio com alguma equipe que poderia estar escondendo o jogo, com um carro muito superior na corrida”, relata Telmo.

“Reforçando que foi um ano muito positivo, com uma aceitação muito boa. A prova é que encerramos a temporada em Tarumã com o maior número de carros inscritos. Isso é muito bom, iniciamos o ano com muitas dúvidas e acabamos encerrando um ano fantástico. Foi um ano cem por cento positivo”, comemora.

Para Telmo é essencial manter o entusiasmo dos pilotos para essa segunda temporada, aliado ao sucesso obtido em 2017 ele prevê que a categoria possa crescer ainda mais nesse ano de 2018. “Sabemos das dificuldades de manter um carro na pista, principalmente para equipes com menos condições, então temos que trabalhar com inscrições acessíveis, principalmente nas 6 horas que é um evento que fazemos em casa, Guaporé.

Sem contar que esse entusiasmo vem também através das categorias. Porque a pessoa que tiver um carro de corrida parado em casa hoje, de turismo, ele tem onde andar, ele tem a categoria Super Turismo, onde vai nos procurar, vamos fazer uma avaliação do carro dele e vamos conseguir enquadra-lo em alguma das categorias da Super Turismo sem dúvida alguma”, explica.

Ele também ressalta a importância de manter a parceria entre organização e competidores. “Acredito que essa seja a principal maneira de manter o entusiasmo do pessoal sendo parceiro das equipes e pilotos, para que a gente possa oferecer um bom produto e um bom campeonato, onde as pessoas não percam essa motivação, que está em alta”, enfatiza Telmo.

O sucesso da Super Turismo também se deve ao apoio que categoria recebeu da Federação Gaúcha de Automobilismo (FGA) e as diretorias dos autódromos por onde passou. “Foi muito importante o apoio recebido da Federação, tudo que solicitamos para a FGA fomos prontamente atendidos. O apoio dos clubes, Tarumã, Santa Cruz, fomos muito bem recebidos e também Guaporé, que por ser a minha casa conseguimos fazer grandes eventos”, conclui Telmo.

Novidades 2018

A categoria já tem algumas novidades que podem ser adiantadas, entre elas a possibilidade de uma prova no país vizinho, Uruguai. “A maior novidade da temporada é que em 2018 teremos cinco etapas e não mais quatro como foi em 2017, e a possibilidade de realizarmos uma etapa em Rivera, no Uruguai, com ajuda do Jhonny Bonilla, diretor do Autódromo Internacional Eduardo P. Cabrera” adianta Telmo.

“Além disso estamos trabalhando em novidades dentro de algumas categorias, alguns detalhes que faltaram na temporada 2017, principalmente em termos de regulamento. Queremos ter um regulamento bem equilibrado para evitar problemas futuros”, salienta. “Acredito que também tenhamos novidades nos carros que teremos no grid de largada, sei da participação de várias equipes que estão migrando para a Super Turismo, que com certeza serão grandes novidades”, finaliza Telmo.

Foto: Grégori Dai Prá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *