Fórmula-E: Di Grassi: “Vitória escorreu por entre os dedos”

Lucas faz corrida perfeita no ePrix de Roma, mas carro quebrou próximo da vitória

Repetindo seus bons desempenhos em Roma, o brasileiro Lucas Di Grassi realizou uma corrida perfeita, tomando a ponta em três ocasiões diferentes, até que seu carro apresentou um problema mecânico no sistema de transmissão que obrigou o campeão de 2017 a abandonar a corrida na liderança faltando apenas cinco voltas para o final. Lucas caminhava para sua 11ª vitória na categoria. Com a quebra, o francês Jean-Eric Vergne assumiu a liderança e completou a terceira etapa do Campeonato Mundial de Fórmula E no primeiro lugar.
Di Grassi usou sua já famosa capacidade de estrategista e atacou nos momentos certos, controlou os adversários quando era necessário e usou a potência extra do modo ataque para construir uma situação que o deixou na ponta nas voltas finais, em plenas condições de vencer a corrida.
“Hoje foi um dia muito produtivo”, comentou Di Grassi, mostrando satisfação com a jornada, apesar do abandono por quebra quando estava com a vitória nas mãos. “Lideramos o treino, largamos da segunda fila e dominamos a corrida até cinco voltas do final. A vitória escorreu por entre os dedos. Mas o automobilismo é assim”, disse o piloto da equipe Audi Sport ABT Schaeffler. “A gente precisa manter a cabeça erguida, trabalhar ainda mais, que ainda vamos trazer essa vitória para o Brasil Obrigado a todos que votaram em mim no fanboost e estão torcendo em casa. Valeu!”, finalizou Di Grassi.
O inglês Sam Bird, da equipe Jaguar Racing, chegou no segundo lugar e assumiu a liderança do campeonato, com 43 pontos. Neste domingo a Fórmula E volta às ruas de Roma para a disputa da quarta etapa, a partir das 8h (de Brasília), com transmissão da TV Cultura e Sportv. O grid será definido às 4h, com transmissão no site da TV Cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *