Fórmula-E: Nissan estreará como primeira montadora japonesa na categoria

Focada cada vez mais na tecnologia dos carros elétricos, a Nissan dará um passo importante em sua estratégia neste final de semana. A montadora será a primeira japonesa a estrear uma equipe, a Nissan e.dams, no Campeonato Mundial de Fórmula E, competição que reúne apenas carros elétricos e que tem ganhado atenção e prestígio do mundo do automobilismo desde que foi criada na temporada 2014/2015.

De acordo com a própria montadora, os vários anos de experiência no desenvolvimento e produção do Nissan Leaf, carro elétrico mais vendido do mundo, ajudaram na criação de um novo powertrain para o monoposto da Fórmula E, incluindo novos motor elétrico, inversor, câmbio e software.

O carro elétrico de corrida da montadora deu sua primeira volta de demonstração mundial no dia 2 deste mês, durante o Festival NISMO, organizado no circuito Fuji International Speedway, em Shizuoka, que se seguiu ao evento de lançamento da equipe e do monoposto, realizado dois dias antes, em Tóquio.

“Foram necessários anos de planejamento e meses de preparo intenso, mas agora estamos prontos para dar a largada na Fórmula E. Contamos com nossa experiência como líder mundial em veículos elétricos de produção em série para desenvolver nosso motor de Fórmula E, e o que estamos aprendendo agora nas pistas vai ser aplicado de volta em nossos modelos, beneficiando os clientes de carros elétricos da Nissan”, contou Michael Carcamo, diretor global de competições a motor da montadora japonesa.

“A nova parceria na Nissan e.dams, o novo motor e o novo chassi trazem ainda mais pressão para os desafios já existentes, mas isso é extremamente motivador para a equipe, os pilotos e a Nissan”, declarou Jean-Paul Driot, diretor da equipe Nissan e.dams.

Vale lembrar que, este ano, em sua quinta temporada, a Fórmula E terá mudanças. Serão utilizados carros novos de segunda geração, batizados de “Gen2”, que trazem novos chassis e baterias, além de uma nova aerodinâmica. Os carros oferecem muito mais autonomia, eliminando a necessidade de trocar de carro no meio da prova, como nas temporadas anteriores.

A equipe Nissan e.dams terá como representantes dentro das pistas o suíço Sébastien Buemi, ex-piloto de Fórmula 1 e campeão da temporada 2015/2016 da Fórmula E, e o britânico Oliver Rowland.

A temporada terá início neste sábado (15), com o Grande Prêmio da Arábia Saudita, em Ad Diriyah. Ao todo, serão 13 provas. O campeonato se encerra em uma “rodada dupla” em Nova York, nos Estados Unidos, com corridas nos dias 13 e 14 de julho de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *