Fórmula SP: Quinta vitória deixa Bruno Andrade mais próximo do título

Líder do campeonato ganha com sobras e está mais perto de garantir o título por antecipação.

A sétima etapa da Fórmula São Paulo, realizada no último domingo no Autódromo de Interlagos, marcou a quinta vitória do paulista Bruno Andrade na temporada e deixou o piloto da equipe Massoni Racing mais perto do título. Com 118 pontos na tabela após essa prova, ele tem 32 de vantagem sobre Amorim Jr. (86), o segundo colocado, e segue como principal revelação da categoria desde o carioca Henrique Lambert, campeão no ano passado.

Com a pista já seca depois de um início de domingo chuvoso na região, os pilotos da Fórmula São Paulo tiveram de mudar rapidamente o acerto dos carros para a prova. Na largada, Bruno disparou na frente e começou a abrir terreno, obtendo grande vantagem já nas primeiras voltas. A briga, então, foi pelo segundo lugar. Com quatro pilotos andando próximos, as tentativas de troca de posição deixaram a corrida emocionante.

O capixaba Dieckle Backer conseguiu ultrapassar dois concorrentes e assumiu a vice-liderança – sua melhor colocação em seu ano de estréia na categoria –, mas teve de abandonar na 10ª volta com problemas no carro. Com isso, Arthur Gaggini herdou a posição e passou a defender o segundo lugar dos ataques de Amorim Jr. Os dois, aliás, disputam ponto a ponto a liderança do campeonato. Gaggini é o atual terceiro colocado, com 80 pontos.

No final, Andrade tirou o pé para receber a bandeirada e consolidar a liderança isolada do campeonato. “Como fizemos todos os treinos na chuva, precisei usar a volta de apresentação para ver como estava a pista e saber onde eu podia andar no trilho seco. Trocamos os pneus e deu certo. Foi a vitória mais tranquila do ano para mim. E tenho de dar parabéns à equipe, porque o carro estava perfeito”, comemorou Bruno. Para coroar o fim de semana, ele obteve um hat-trick, com pole, melhor volta e vitória.

Amorim também sofreu no começo antes da largada, sem saber qual pneu usar para a corrida. “Não sabia qual pneu usar porque a pista ainda estava molhada, mas tinha um trilho formado. Quando saí para a volta de apresentação, vi que a escolha pelos slicks foi acertada, já que no outro lado do circuito já estava tudo seco. Mas meu motor teve uns problemas, foi muito complicado. Quando percebi que ainda podia alcançar o Arthur, fui com tudo e o carro ajudou. Fiz uma manobra arriscada, mas deu certo. Agora é tentar brigar pelo vice-campeonato, já que acompanhar o Bruno está impossível”, salientou ele.

Veja como terminou a 7ª etapa da Fórmula São Paulo:
1) Bruno Andrade
2) José Amorim Jr
3) Arthur Gaggini
4) Luiz Abbade
5) Michel Aboissa
6) Dieckle Backer

Passadas sete etapas, os dez primeiros no campeonato são:
1) Bruno Andrade, 118 pontos
2) José Amorim Jr., 86
3) Arthur Gaggini, 80
4) Dieckle Backer, 45
5) Luiz Abbade, 44
6) Leandro Florenzo, 42
7) Michel Aboissa, 34
8) Filipe Forti, 20
9) Jorge Calaça Neto, 15
10) Alessandro Fortunato, 08

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *