FRenault: Felipe Lapenna vence a segunda prova em Campo Grande

O paulista Felipe Lapenna, pole position da 4ª Etapa da Fórmula Renault realizada em Campo Grande (MS) sagrou-se vencedor após 25 voltas.


O segundo colocado foi Douglas Soares, 2.020s atrás de Lapenna. Soares foi o vencedor da prova de sábado de Campo Grande.

Completaram o pódio Vinicius Quadros, Cairo Campos e William Starostik.


Ao receber a bandeirada das mãos de sua mãe, dona Márcia, na corrida deste domingo da Fórmula Renault Brasil, o paulista Felipe Lapenna (Full Time Sports) conquistou não a segunda vitória dele no campeonato, mas também manteve os dois mais longos tabus da categoria no Brasil. Pela quinta vez em cinco provas realizadas no circuito sul-mato-grossense desde 2003, um piloto de São Paulo, largando da pole position, sai vencedor pela Fórmula Renault.


 


Segundo colocado na etapa de sábado, Lapenna não teve dificuldades para chegar ao alto do pódio no domingo. Nem mesmo após as duas relargadas provocadas pela entrada do safety car nos acidentes de André Gouveia e Felipe Ferreira. Douglas Soares, ganhador no dia anterior, Vinícuis Quadros, Cairo Campos e Willian Starostik completaram, nessa ordem, o pódio no encerramento da segunda rodada dupla do ano.


 


A corrida deste domingo foi movimentada do início ao fim e teve diversas trocas de posição no pelotão intermediário. “Nessa pista é difícil passar, mas quando o carro que está na frente coloca uma roda fora do trilho, perde tempo e, quase sempre, a posição, explicou Mario Romancini, o sétimo no momento da bandeirada.


 


O piloto da Full Time tinha como objetivo nessa prova voltar a ocupar uma das seis primeiras posições na tabela de classificação, que havia caído do quinto para o sétimo lugar após uma escapada na corrida de ontem. Meu carro era rápido no início, mas depois de algumas voltas passou a escapar muito de traseira e, com isso, não tive como acompanhar o ritmo dos ponteiros. Mesmo assim, ter recuperado a sexta posição no campeonato foi uma grande conquista, analisou.


 


A segunda colocação obtida por Douglas Soares também alterou a classificação do campeonato. Com esse resultado, ele assumiu a vice-liderança com três pontos de vantagem para Vinícius Quadros. A vitória permitiu a Lapenna ampliar ainda mais a vantagem e manteve o paulista na posição de grande favorito ao título. Na tabela, ele soma 110 pontos, contra 75 de Soares e 72 de Quadros.


Confira a classificação da prova:


1º) Felipe Lapenna (SP), 25 voltas em 40:48.206 (média de 126.20 km/h)
2º) Douglas Soares (SP), a 2.020
3º) Vinicius Quadros (RS), a 2.382
4º) Cairo Campos (GO), a 10.034
5º) Willian Starostik (SP), a 12.888
6º) Sérgio Alves (RJ), a 13.049
7º) Pedro Ferreira (SP), a 14.267
8º) Mario Romancini (SP), a 15.185
9º) Rodolpho Santos ( ), a 15.652
10º) Bruno Barbosa (DF), a 15.984
11º) Felipe Ferreira (SP), a 24.227
12º) Rodrigo Barbosa (SP), a 37.605
13º) Leonardo de Souza (SC), a 3 voltas
14º) Claudio Cantelli Jr (PR), a 5 voltas
15º) Galid Osman Duda (PR), a 12 voltas
16º) Ernesto Otero (RJ), a 15 voltas
17º) Rick Rosin (SC), a 20 voltas
18º) André Gouvea (SP), a 24 voltas

Melhor Volta: Felipe Lapenna, 1:24.387

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *