FRenault: Nas ruas de Vitória, experiência fala mais alto

Felipe Ferreira vai correr pela primeira vez na rua, com equipe que tem os melhores resultados na capita capixaba.



A sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Renault, que vai acontecer neste final de semana (10/9) nas ruas da Enseada do Suá, em Vitória, Espírito Santo, deve reunir um público superior a 70 mil pessoas e promete ser a mais emocionante da categoria até agora. As características do circuito vão privilegiar os pilotos mais experientes, e exigirão muita concentração dos pilotos, para terminar a corrida sem nenhum acidente. Apesar disto, o paulista Felipe Ferreira (WebMotors/CVC/Hip Telecom/Puma) está bastante otimista para esta prova. “Nunca corri de carro na rua, mas sei que você precisa ser arrojado para virar rápido, ao mesmo tempo em que é necessária a técnica para evitar escapar do traçado e bater nas proteções. Acho que vou gostar da experiência”, prevê Ferreira.


 


Estreante no automobilismo, Felipe Ferreira está encarando cada prova que disputa como um aprendizado para as temporadas posteriores. Para isso, tem contado com todo o suporte da equipe Cesário Fórmula, que conquistou a pole position nas três últimas edições e venceu as duas últimas corridas realizadas na capital capixaba. “Eles tem um bom acerto para o traçado de Vitória, mas eu ainda não tenho experiência para aproveitar totalmente o carro em uma pista como esta”, reconhece o novato.


 


Realmente a experiência pesa mais do que o bom acerto do carro para o asfalto sempre escorregadio por causa da maresia, e vontade e arrojo de andar rápido n o circuito a beira-mar extremamente estreito. Até hoje, só no primeiro ano da Fórmula Renault, em 2002, é que um piloto venceu na sua primeira experiência em Vitória, que foi o caso do paulista Allam Khodair. Por isso, em 2006 os maiores favoritos para esta prova são Felipe Lappena, líder do certame com 288 pontos e que participará pela terceira vez, Douglas Soares, o vice-líder com 162 e que é o mais experiente com a sua quarta atuação nesta pista. Também são experientes nesta corrida Diego Nunes, terceiro colocado na Fórmula 3 Sul-americana e que já correu em duas oportunidades em Vitória, e Galid Osman Didi Jr., Fernando Galera e Leonardo Souza, que estarão inscritos pela segunda vez.


 


Em 2003 a consagração ficou com o campineiro Renato Jader David, em sua segunda participação. No ano seguinte foi a vez do brasiliense Alexandre Foizer, em sua terceira tentativa, o mesmo acontecendo com a paulista Bia Figueiredo, no ano passado. “Estou tendo a orientação do Foizer, que largou da 17ª posição na primeira vez que correu lá. Mesmo a Bia, que ganhou no ano passado, largou em 24º na sua primeira tentativa e em décimo na segunda vez, para ganhar só na terceira. Eu sei que não é fácil. Por isso, será uma nova experiência para mim, estou aprendendo, e o que vier é lucro. O importante é eu estar bem concentrado para evitar erros”, analisa o piloto da WebMotors/CVC/Hip Telecom/Puma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *