FRenault: Rodolpho Santos espera a melhor prova do ano em Curitiba

Enquanto o líder viverá um momento estratégico em sua campanha pelo título, diversos pilotos chegam ao traçado paranaense pensando no topo do pódio.

O resultado da 9ª etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Renault, a ser realizada no próximo domingo (20), no Autódromo Internacional de Curitiba, pode dar ao já líder Felipe Lapenna (WebMotors) a vantagem decisiva na briga pelo título de 2006. O piloto paulista soma 204 pontos contra 132 de seu conterrâneo Douglas Soares e 122 do gaúcho Vinícius Quadros (Altero/GVD). A tarefa, porém, não será das mais fáceis já que, além do igualmente experimente Soares, Lapenna também se verá às voltas com um grid muito mais preparado – a Fórmula Renault tem em 2006 mais de 50% de estreantes e o traçado de Curitiba já não é mais segredo para ninguém, pois a categoria disputou lá as duas primeiras etapas.

“Eu posso garantir que há uns dez pilotos com potencial para vencer em Curitiba”, diz o estreante Rodolpho Santos (Neosoro/Palu Suisse), que tem tudo para fazer sua melhor corrida do ano. “Essa será a prova na qual pela primeira vez teremos todo o grid com força total em termos de competitividade. Vai ser uma etapa emocionante, talvez a melhor da temporada”, continua o piloto goiano de 18 anos.

Mas Lapenna tem motivos para ficar otimista. Ele foi o melhor piloto da rodada dupla de abertura da temporada 2006 em Curitiba: com um segundo lugar na primeira corrida e vitória na segunda, já naquela época o paulista disparou na liderança, com 54 pontos. Na rodada dupla seguinte, em Campo Grande (MS), o também experiente Douglas Soares reagiu, mas a verdade é que a vantagem de Lapenna tem crescido muito, até chegar aos atuais 72 pontos – algo inédito na Fórmula Renault a esta altura do torneio. Além disso, Felipe teve o mérito de pontuar em todas as corridas, façanha não repetida por seus rivais mais diretos.

Inspirado pelos bons resultados que obteve na pista curitibana, Lapenna deve forçar o ritmo para consolidar sua liderança e assim tentar escapar da obrigatoriedade de obter grandes resultados na fase mais incerta do campeonato, que se iniciará justamente na prova seguinte, dia 10 de setembro, em Vitória (ES). A partir de então, a briga pela vitória envolverá vários nomes que até agora não estavam entre os principais protagonistas: “Depois de Curitiba, teremos a prova nas ruas de Vitória e três em São Paulo (SP)”, observa Rodolpho Santos. “Todos sabem que corridas em pistas de rua são realmente imprevisíveis. E, de outro lado, o traçado do autódromo de Interlagos é onde todos no grid mais treinaram e assim o equilíbrio é garantido. Então, este final de temporada promete ser muito emocionante e repleto de possibilidades até mesmo para quem ainda é iniciante na categoria”, completa o piloto da Neosoro/Palu Suisse.

A nona etapa da Fórmula Renault terá largada às 14h30 de domingo, para 26 voltas pelos 3.695 metros do circuito, ou um máximo de 40 minutos de competição. Os treinos terão início às 15h00 desta sexta-feira. Os ingressos podem ser encontrados nas lojas dos Hipermercados Extra, nos postos de gasolina da marca Extra e na Rede Della Via Pneus da Grande Curitiba. Sua aquisição está vinculada a promoções realizadas por estas empresas diretamente em suas lojas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *