FSão Paulo: Categoria corre em Interlagos no Domingo de Páscoa

Categoria volta à ativa após quase um mês sem corridas e vive clima de intensa disputa entre um mineiro, um amazonense e um catarinense pela liderança do campeonato.

Os pilotos da Fórmula São Paulo terão um Domingo de Páscoa diferente neste ano. Ao contrário do que ocorreu nas cinco temporadas anteriores, a categoria estará em plena atividade no feriado da Semana Santa e retorna ao Autódromo de Interlagos a partir desta sexta-feira (6/4) em clima de intensa disputa entre os três primeiros colocados no campeonato.

Por esse motivo, o ritmo tranqüilo que costuma imperar na Capital de São Paulo em feriados como este – que normalmente motivam boa parte dos paulistanos a viagens para o Litoral ou para o Interior –, será o oposto daquele vivido na pista pelos principais nomes deste início de campeonato.

“Teremos certamente uma corrida bastante agitada, e não vejo nenhum problema em correr neste domingo”, apontou o amazonense Marcio Pasaneli, que lidera o campeonato. “Meu pai estará comigo no autódromo e vou receber 20 amigos de Manaus que viajarão a São Paulo nesta sexta-feira só para acompanhar minha corrida. Então, vou me sentir em casa”, completou o piloto da Alpie Competições.

O esteante Pasanelli é, ironicamente, o único entre os três primeiros colocados na tabela que ainda não venceu corridas neste ano, e tem apostado na regularidade para se manter na frente. O segundo colocado, Allisson Silva, de Santa Catarina, foi o ganhador da segunda prova do ano, e o terceiro no campeonato, o mineiro Victor Corrêa, faturou a corrida de abertura da temporada.

“Ainda estamos desenvolvendo o meu carro e o objetivo é melhorar constantemente. Por isso, acredito que terei chance de repetir neste fim de semana a vitória na última corrida. A experiência de duas temporadas na categoria tem me ajudado bastante, mas isso não valeria de nada se não fosse o bom trabalho da minha equipe”, declarou Allisson, que corre pela Dragão Motorsport.

Victor Corrêa promete voltar a disputar as primeiras posições na corrida deste domingo, e garante que sua equipe solucionou os problemas que o impediram de lutar pelo pódio na corrida passada. “Estou confiante em mais um bom resultado. Na segunda etapa, o sétimo lugar ao final foi por conseqüência de problemas elétricos, mas a equipe faz um ótimo trabalho e estou certo de que iremos retornar à disputa dos primeiros lugares”, afirmou Victor, que também corre pela Alpie Competições.

A Fórmula São Paulo utiliza chassis de fabricação nacional da marca Techspeed, equipados com motor AP 1.8 que rende 136 hp e é capaz de levar o monoposto a 230 km/h. O câmbio utilizado é o Hewland, o mesmo da Fórmula 3 Sul-Americana. Para deixar a disputa com maior igualdade, há apenas um preparador de motores para todos os competidores.

Veja como está a classificação do campeonato após a realização das duas primeiras etapas da temporada:
1) Márcio Pasaneli (AM), 27 pontos
2) Alisson Paulinelli (SC), 24
3) Victor Corrêa (MG), 23
4) Caio Lara (SP), 21
5) Thiago Calvet (RJ), 18
6) Werner Neugebauer (RS), 12
7) José Amorim Junior (SP), 10
8) Leandro Florenzo (SP), 8
9) Paulo Meyer (SP), 6
10) Thiago Armentano (SP), 4
10) Rafael Suzuki (SP), 4
12) Gabriel Tojal (SP), 3
13) Felipe Leonardos (SP), 2

Fotos: Luca Bassani / Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *