FSão Paulo: Victor Corrêa participa de sua quarta corrida na categoria

Foram três corridas e três pódios, todos na quarta colocação. Motivado pelo bom desempenho que está tendo em sua estréia na Fórmula São Paulo, o mineiro Victor Corrêa (Unifenas/Flash Power) vai participar neste domingo (16/7) da sexta etapa do Campeonato Paulista, novamente no Autódromo de Interlagos, zona sul de São Paulo (SP), pensando em acumular mais experiência e, lógico, mais pontos no certame.

“Eu preciso de quilometragem para aprender. O fato de ter terminado as três corridas que fiz, e todas no pódio, já me deixam animado para começar a tentar algo mais, quem sabe subir um degrau e ganhar uma posição na tabela de pontuação”, acredita o alfenense, que ocupa a quinta posição no certame, mesmo não tendo participado das duas primeiras corridas.

O tricampeão mineiro e campeão paulista de kart teve que esperar completar 16 anos de idade, para poder estrear oficialmente na Fórmula São Paulo, durante a terceira etapa do campeonato paulista. Na sua primeira corrida Victor Corrêa largou da sexta posição e terminou em quarto. Na prova seguinte, já garantiu um quarto posto no grid e recebeu a bandeirada novamente em quarto. E na última etapa que disputou, teve problemas de motor e partiu do nono posto para repetir o resultado, subindo ao pódio outra vez no quarto degrau, e já pulando para quinto na tabela de classificação da categoria-escola. “Cada prova foi uma experiência diferente e aprendi coisas novas. Assim, estou mais experiente e confiante para avançar e brigar mais na frente ainda”, afirma o piloto da Unifenas/Flash Power, que estará treinando já nesta quinta-feira.

A equipe Alpie Racing/Unifenas/Flash Power aproveitou o intervalo entre as etapas para fazer uma completa revisão do Techspeed do piloto de Alfenas, para evitar novos problemas no treino oficial, garantindo tranqüilidade para que Victor Corrêa possa largar nas duas primeiras filas, como aconteceu em sua segunda corrida. “Nós trocamos o motor, que no dinamômetro se mostrou muito bom, e ainda colocamos uma nova bomba de combustível. Também mudamos o platô e disco de embreagem, por outro conjunto novo e com mais pressão, para não ficar patinando. E na suspensão traseira, vimos que tinha uma manga de eixo trincada e um amortecedor que não tinha mais ação. O Victor vai ter tudo novo para esta corrida”, avisa o engenheiro Emerson Piedade, que está empolgado com a evolução do jovem mineiro.

Todos os monopostos da Fórmula São Paulo utilizam chassi Techspeed equipados com motor AP 1.8, com 132 cavalos de potência, que chegam a 220 km/h. O câmbio utilizado é o Hewland, o mesmo usado na Fórmula 3 Sul-Americana. Para deixar a disputa com maior igualdade, há apenas um preparador de motores para todos os competidores.

Depois de cinco etapas, o Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo está assim:
1) Leonardo Otero (RJ), 75 pontos;
2) Allisson Paulinely Silva (SC), 51;
3) Rodrigo Barbosa (SP), 47;
4) Ricardo Zappelini (SC), 33;
5) Victor Corrêa (MG) e Leonardo Zappelini (SC), 30;
7) Fábio Orsolon (RJ) e Fernando Rodrigues (SP), 20;
9) André Gouvêa (SP), 15;
10) Vinicius Mauri (SP), 13.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *