GP Cidade de SP: Festival de Regularidade teve final neste domingo

Evento contou com 24 carros e deu oportunidade para as pessoas andarem no Autódromo de Interlagos.


O Festival de Regularidade para carros Tuning teve a sua final disputada na manhã deste domingo no Autódromo de Interlagos. Integrando a programação do GP Cidade de São Paulo, o evento contou com 24 participantes que disputaram duas baterias classificatórias no final da tarde de sábado, sendo que os 15 melhores participaram da fase decisiva.

O objetivo da prova era que os participantes completassem uma volta no circuito de Interlagos no tempo de três minutos. Quem ultrapassase essa marca ou completasse a volta em tempo menos prederia pontos.

Na sessão de 30 minutos realizada neste domingo, três participantes “zeraram” o circuito, ou seja, completaram uma volta no circuito no tempo exato de três minutos e o critério de desempate foi a volta lenta mais próxima do tempo estipulado. Dessa maneira, o vencedor foi Antonio D´Angelo utilizando uma Alfa 145, que recebeu o número 17. “Acho que dei sorte, pois apesar de ter andado muito durante as baterias não utilizei nenhuma técnica especial para chegar a esse tempo, vinha adivinhando mesmo.”, contou D´Angelo.

A segunda colocação ficou com Marcelo Vívolo, navegador tetracampeão brasileiro de rali de velocidade e bicampeão do Rali dos Sertões ao lado do piloto Guilherme Spinelli. Apesar da aparente vantagem, Marcelo revelou uma tática bem diferente para marcar mentalmente o tempo de três minutos, já que era proibido o uso de relógio, cronômetro e até os relógios do próprio carro eram tampados pelos organizadores. “É muito difícil tentar acerta o tempo sem nenhuma referência e mesmo contando dava uma diferença de 10 segundos para o tempo real. Então eu sabia que cantando um música que eu gosto duas vezes dava o tempo de três minutos, e foi o que eu fiz tanto no sábado como hoje e quase deu certo”, disse Marcelo.

O resultado final do Festival de Regularidade foi o seguinte:

1º Antonio D´Angelo, 0 pontos perdidos
2º Marcelo Vívolo, 0
3º João Fernandes, 0
4º Osvaldo David Jr., 1
5º José Milton da Silva, 1
6º Rodrigo Ginaldi, 1
7º Rodrigo Macedo, 2
8º Nilton Ortolan, 2
9º Luiz Correia, 2
10º Antonio Montovani, 4
11º Fernando Carneiro, 4
12º Irineu Desgualdo Jr., 5
13º Marcos Pereira, 6
14º Wiliam Souza Lima, 7
15º Rogério Cadinale, 8 pontos perdidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *