GP de Macau: Rafael Suzuki estreia na prova mais famosa da Fórmula 3 em todo o mundo

Após temporada no campeonato japonês da categoria, brasileiro encara o desafio na ex-colônia portuguesa neste final de semana

Um dos pilotos de Fórmula 3 mais experientes da América – em sua terceira temporada completa – o paulista Rafael Suzuki estreia neste final de semana na mais famosa prova da categoria. A bordo de um modelo Dallara da equipe TOM’S, Rafael disputa no próximo domingo (21) a 57ª edição do GP de Macau de Fórmula 3.

A prova, realizada nas ruas da ex-colônia portuguesa na China, é uma das mais tradicionais do calendário do automobilismo internacional. Reunindo pilotos e equipes do mundo todo, o GP de Macau se transformou em uma espécie de “final mundial” da categoria. E seus vencedores ganham destaque internacional pela conquista.

Depois de ter disputado o Campeonato Japonês de Fórmula 3 em 2010, Rafael Suzuki chega a Macau focado na conquista de um bom resultado.

“É difícil criar expectativa. Não gosto muito disso e, como sempre, quero ir passo a passo. O meu primeiro objetivo é virar tempos competitivos o quanto antes para depois pensar em resultados. Todos esperam muito da TOM’S pelo histórico da equipe, que é positivo em Macau, mas a responsabilidade maior é do meu companheiro de equipe que corre aqui pelo 3º ano. Eu espero correr por fora”, frisou Suzuki, que terá o japonês Yuji Kunimoto ao seu lado nos boxes da TOM’S.

O primeiro grande desafio do final de semana, é explorar os 6.120 metros de extensão do traçado pelas ruas de Macau. “Como é uma pista de rua, fica aberta ao trânsito enquanto não houver treinos de qualquer categoria. Por isso andei por boa parte do traçado em um carro de passeio, e posso dizer que a pista é incrível. Tem todos os tipos de curva, desde uma que se contorna a 30 km/h até outra onde devemos contornar a 250 km/h com o Fórmula 3”, contou o brasileiro.

Na temporada 2010 Suzuki foi destaque na Fórmula 3 do Japão. Em seu primeiro ano na competição, venceu três corridas e terminou o campeonato com a terceira posição. Para Macau, Rafael vai contar com a preparação especial feita pela TOM’S para essa corrida.

“Fizemos alguns testes no Japão visando essa corrida e também houve muito trabalho fora das pistas na preparação da equipe. Confio muito no trabalho da TOM’S e sei que terei um carro competitivo”, destacou.

O GP de Macau de Fórmula 3 2010 vai contar com 30 pilotos, sendo três brasileiros: Suzuki, Felipe Nasr e Lucas Foresti. Além da categoria de base do automobilismo mundial – que fará duas corridas ao longo do final de semana, a cidade também recebe corridas do Mundial de Carros Turismo (WTCC) e de motos. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *