GP Nacional Kart: Surpresas e muita comemoração na final do GP Nacional de Kart

Chegou ao fim na tarde deste sábado o GP Nacional de Kart 2011. Após quatro dias de atividade e disputas que ficarão para a história do Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano – MG, os pilotos protagonizaram corridas emocionantes e, mais do que isso, garantiram o primeiro título nacional da temporada.

Outro grande atrativo que trouxe vários competidores à prova foi a possibilidade de conhecerem a pista que, entre os dias 26 e 30 de julho, sediará a etapa única do Campeonato Brasileiro de Kart para as classes Graduados, Sênior “A”, Sênior “B”, Super Sênior, Sudam Júnior e Super F-4.

O sábado de competições começou cedo sob forte calor e teve na pista os pequenos da categoria Cadete. Assim como aconteceu ontem Leonardo Resende (MG) e João Pedro Guim (MG) partiram da primeira fila e assim permaneceram durante toda a prova. Ambos se distanciaram do restante do pelotão sob a companhia de Sinder Bitton Neto (RJ). Os dois lideres entre si, se revezaram na liderança da corrida até a volta final. Guim garantiu a vitória seguido por Resende e Sinder que cruzaram a bandeirada quase que emparelhados.

A segunda prova do dia teve as categorias Júnior e Júnior Menor na pista. A competitividade foi muito grande na Júnior que teve três pilotos na liderança da corrida. Felipe Gildin (MG) assumiu a ponta na largada e seguiu na primeira posição nas primeiras voltas. Na metade da prova foi superado por Gabriel Robe (RS) e João Vieira (TO), caindo para terceiro. Por fim, a quatro voltas para o final, Vieira superou Robe e seguiu sem ameaças até a bandeirada da vitória. Robe chegou em segundo e Gildin, em terceiro. Pela Júnior Menor Sérgio Sette Câmara (MG) foi unânime. Assim como aconteceu ontem ele dominou a corrida de ponta-a-ponta sem dar a menor chance de aproximação para seus concorrentes. Rafael Martins (SP) chegou em segundo e Caio Miguel (ES) foi o terceiro colocado.

Encerrando as corridas do turno da manhã a F-400 fez a sua prova. Luiz Henrique Pinheiro (MG) largou da segunda posição e, ainda na primeira volta, assumiu a liderança. Daí por diante ele começou a abrir de seus adversários mais próximos que, por sua vez, travavam apertada briga pela segunda posição. Na segunda metade da corrida, porém, os adversários começaram a se aproximar de Luiz que, então, teve bastante trabalho para se segurar na frente até a vitória. Fernando Buzzolo (MG) terminou em segundo e Renato Travassos (MG) ficou com o terceiro lugar.

Após uma rápida chuva no treino de aquecimento das baterias da tarde as corridas foram todas realizadas com pista seca e forte calor. A primeira prova deste turno, foi a que reuniu o maior número de pilotos na pista.  Sênior “B” e Super Sênior tiveram ao todo 21 competidores na pista e uma prova de muitas ultrapassagens. À frente do pelotão Leonardo Silva (MG), a exemplo de ontem, rapidamente abriu vantagem para os demais e se isolou na liderança da Sênior “B”. Nesta posição ele seguiu até o final seguido por André Rocha (SP) e André Vargas (ES). Pela Super Sênior, por sua vez, as disputas foram de arrepiar. Os lideres da prova de ontem se envolveram em batidas e acabaram deixando a briga pela vitória em aberto até o final. Hueber Cimini Jr. (MG), Leonrado Lanza (MG), Guildner Marcius (MG) dentre outros não suportaram a pressão do carioca Christiano Mattheis. Após ter largado da 13ª posição do grid combinado o piloto fez uma grande prova de recuperação e conseguiu vencer a corrida. Cimini terminou em segundo e Lanza, em terceiro.

Pela Sênior “A” a prova foi muito disputada, mas, não se comparou à competitividade vista ontem. Contudo, a liderança teve no mínimo três pilotos que quase venceram. Após muitas ultrapassagens e alguns toques a vitória acabou ficando com Flávio Costa (MG), após ter largado da última posição em virtude da troca de motor após a prova de ontem. Alessandro Xavier (PR) chegou em segundo e Yuri Carvalho (MG) ficou com o terceiro lugar.

A maior surpresa do dia ficou reservada para a última prova. Após dominarem os treinos, tomadas de tempo e as pré-finais da classe Graduados os pilotos João Archer (MG) e Emílio Kevin (Paraguai) tiveram problemas na corrida decisiva. Ainda na volta de apresentação a corrente do kart de Kevin se rompeu o fazendo abandonar a corrida. Archer, por sua vez, acabou sendo superado na primeira volta caindo para o quarto lugar. Algumas voltas depois ele acabou tendo seu kart tocado por um concorrente e acabou rodando caindo para o último lugar. André Flor (RN), que vinha em terceiro, se beneficiou assumindo a ponta. Nesta primeira posição ele se manteve até a penúltima volta. Neste momento ele acabou sendo superado por Wilson Tacchi (MG) que, após largar do 13º lugar, assumiu a liderança e venceu a prova seguido por Pedro Guilherme (MG). Flor terminou na terceira posição.

“Acredito que tivemos aqui uma excelente competição. Apesar de não termos atingido o número de pilotos que esperávamos conseguimos fazer grandes corridas e proporcionamos aos competidores daqui e outros estados a primeira grande oportunidade para treinarem com vistas ao Brasileiro de Kart, que será sediado aqui, em julho”, encerrou Pedro Sereno, presidente da Federação Mineira de Automobilismo – FMA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *