GP2 Asiática: Kobayashi vence a primeira em Dubai e assume liderança do campeonato

Piloto japonês largou na pole position e liderou toda a corrida desta sexta-feira no circuito. Luiz Razia, em 10º, foi novamente o melhor brasileiro.

O japonês Kamui Kobayashi, segundo colocado na etapa de abertura da Fórmula GP2 Asia, disputada há cerca de dois meses como preliminar do GP da China de Fórmula 1, conquistou nesta sexta-feira sua primeira vitória na temporada 2008/2009. E, de quebra, desbancou o espanhol Roldan Rodriguez da liderança da competição.

Kobayashi venceu de ponta a ponta a terceira corrida do ano, realizada no Autódromo de Dubai, nos Emirados Árabes, e em razão da inversão na posição de largada dos oito primeiros colocados, sairá na quarta fila do grid na prova deste sábado.

Entre os brasileiros, o melhor colocado foi novamente o baiano Luiz Razia, que completou uma corrida de recuperação em Dubai. Com problemas no acerto do carro na sessão de classificação, ele não foi além do 17º lugar no grid. E precisou andar rápido durante toda a prova para terminar entre os “Top 10”. Alberto Valério fechou a disputa em 16º, e Diego Nunes abandonou na metade da prova.

Após boa largada, o piloto baiano chegou à primeira curva já em 13º, mas em virtude de uma confusão que envolveu diversos carros que estavam a sua frente, fechou o giro inicial em 16º. “No começo da corrida, com o carro pesado, nosso ritmo não foi tão bom, e só consegui recuperar posições após o pit stop”, comentou Razia. “Na segunda parte da prova meu carro melhorou e, aí sim, consegui um ritmo mais rápido”, acrescentou.

Razia comemorou a chegada entre os Top 10, e espera, para a corrida deste sábado, manter-se no grupo da frente. A seu favor pesa o fato de a segunda prova do fim de semana ser mais curta que a primeira – o que influi diretamente na quantidade de combustível utilizada e, conseqüentemente, no peso total do carro.

“A segunda prova tem onze voltas a menos que a primeira, e estou um pouco mais confiante para amanhã porque nosso carro se comportou melhor com menos peso na prova de hoje”, disse Razia. “O fim de semana está sendo positivo e nossa maior dificuldade foi, realmente, o treino de classificação. Agora farei o possível para chegar aos pontos nessa última corrida, o que seria ótimo para este início de campeonato”, encerrou o piloto baiano.

O resultado completo da terceira prova da GP2 Asia foi o seguinte:
1) Kamui Kobayashi (DAMS), 34 voltas
2) Davide Valsecchi (Durango), 14s378
3) Roldan Rodriguez (Piquet), 15s540
4) Giedo Van Der Garde (iSport), 19s403
5) Vitaly Petrov (Barwa Campos), 27s541
6) Sergio Perez (Barwa Campos), 29s034
7) Jerome D’Ambrosio (DAMS), 34s012
8) Sakon Yamamoto (ART), 36s080
9) Javier Villa (Super Nova), 52s219
10) Luiz Razia (TTA), 56s955
11) Renger Van der Zande (TTA), 58s743
12) James Jakes (Super Nova), 1min02s217
13) Giacomo Ricci (Trident), 1min02s854
14) Fabrizio Crestani (ORT), 1min14s074
15) Michael Herck (DPR), 1min34s638
16) Alberto Valério (Trident), 1min41s946
17) Michael Dalle Stelle (Durango), a 1 volta
18) Kevin Nai Chia Chen (FMS), a 1 volta
19) Pastor Maldonado (ART), a 4 voltas
20) Earl Bamber (Qi-Meritus), a 4 voltas
21) Aandreas Zuber (FMS), a 4 voltas
22) Yelmer Buurman (ORT), a 19 voltas
23) Diego Nunes (Piquet), a 19 voltas
24) Chris Van Der Drift (Trident), a 21 voltas
25) Alex Yoong (Qi-Meritus), a 30 voltas
26) Hamad Al Fardan (iSport), a 31 voltas

Passadas três corridas, os seis primeiros no campeonato são:
1) Kamui Kobayashi, 22
2) Roldan Rodriguez, 19
3) Davide Valsecchi, 15
4) Javier Villa, 10
5) Earl Bamber, 8
6) Vitaly Petrov, 8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *