GP2 Asiática: Romain Grosjean e Marco Bonanomi vencem no final da temporada em Dubai

O campeão da temporada, o francês Romain Grosjean, da ART e o italiano Marco Bonanomi, da Piquet Sports, foram os vencedores da última rodada dupla da temporada, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Saindo da pole, Grosjean venceu a primeira prova, na sexta-feira (11/04), seguido pelo suíço Sébastien Buémi e o belga Yelmer Buurman, ambos da Arden.


O brasileiro Bruno Senna, da iSport, liderava a prova até levar uma punição e ter que fazer uma segunda parada nos boxes. Os mecânicos trocaram apenas um pneu do carro, porém o regulamento determina que dois pneus sejam trocados na primeira prova da rodada dupla. Senna terminou na 9º posição, sendo depois desclassificado.


Os brasileiros, Alberto Valério, da Durango, e Diego Nunes, da DPR, terminaram, respectivamente, na 13º e 18º posição.


No sábado (12/04), o italiano Marco Bonanomi venceu pela primeira vez na categoria com Buémi novamente em 2º, e garantindo o vice-campeonato. O belga Jerome D’Ambrosio, da Dams, fechou o pódio.


O chinês Ho Pin Tung, da Trident, terminou em 5º, sendo depois desclassificado pór irregularidades técnicas no carro.


Grosjean abandonou na 10º volta. Dos brasileiros o melhor foi Senna, em 11º, seguido por Nunes. Valério, depois de se envolver em um acidente no começo da prova, terminou na 18º posição. Devido à batida entre Valério, o inglês Ben Hanley, da Campos,  o indiano Armaan Ebrahim, da DPR, safety-car foi obrigado a entrar na pista.


Grosjean levou a taça da primeira temporada com 61 pontos. O vice Buemi conquistou 37 pontos. Senna foi o 5º com 23 e Valério e Nunes, com 2 pontos, 19º colocados.


Final, prova 1:


1 – Romain Grosjean – ART – 34 voltas em 59’37″711
2 – Sebastien Buemi – Arden – 1″933
3 – Yelmer Buurman – Arden – 3″549
4 – Vitaly Petrov – Campos – 4″114
5 – Hiroki Yoshimoto – Meritus – 11″364
6 – Marco Bonanomi – Piquet – 12″051
7 – Jerome D’Ambrosio – Dams – 12″596
8 – Milos Pavlovic – BCN – 13″021
9 – Jason Tahinci – BCN – 29″598
10 – Ho Pin Tung – Trident – 30″597
11 – Fairuz Fauzy – Super Nova – 30″744
12 – Luca Filippi – Meritus – 31″334
13 – Alberto Valerio – Durango – 38″482
14 – Davide Valsecchi – Durango – 47″037
15 – Roldan Rodriguez – FMSI – 48″474
16 – Harald Schlegelmilch – Trident – 48″575
18 – Diego Nunes – DPR – 56″747
19 – Stephen Jelley – ART – 1’30″631
20 – Armaan Ebrahim – DPR – 1 volta
21 – Kamui Kobayashi – Dams – 3 voltas


Volta mais rápida: Bruno Senna 1’41″960


Abandonos:


Ben Hanley – 27 voltas
Karun Chandhok – 23 voltas
Christian Bakkerud – 19 voltas
Marcello Puglisi – 10 voltas
Adrian Valles – 7 voltas


Desclassificado:


Bruno Senna


Final, prova 2:


1 – Marco Bonanomi – Piquet – 23 voltas em 45’08″527
2 – Sebastien Buemi – Arden – 0″516
3 – Jerome D’Ambrosio – Dams – 5″361
4 – Davide Valsecchi – Durango – 8″445
5 – Yelmer Buurman – Arden – 12″550
6 – Fairuz Fauzy – Super Nova – 12″836
7 – Harald Schlegelmilch – Trident – 14″306
8 – Jason Tahinci – BCN – 15″948
9 – Christian Bakkerud – Super Nova – 16″474
10 – Adrian Valles – FMSI – 16″934
11 – Bruno Senna – iSport – 17″214
12 – Diego Nunes – DPR – 18″895

13 – Hiroki Yoshimoto – Meritus – 22″225
14 – Kamui Kobayashi – Dams – 26″212
15 – Alberto Valerio – Durango – 1 volta


Volta mais rápida: Kamui Kobayashi 1’41″220


Abandonos:


Luca Filippi – 0 voltas
Milos Pavlovic – 0 voltas
Marcello Puglisi – 2 voltas
Ben Hanley – 4 voltas
Armaan Ebrahim – 4 voltas
Karun Chandhok – 5 voltas
Romain Grosjean – 10 voltas
Roldan Rodriguez – 13 voltas
Vitaly Petrov – 17 voltas


Desclassificado:


Ho Pin Tung


Campeonato, final:


1.Grosjean 61;
2.Buemi 37;
3.Petrov 33;
4.Fauzy 24;
5.Senna 23;
6.Kobayashi 22;
7.Valles 19;
8.Valsecchi 17;
9.Buurman, Yoshimoto 13;
11.D’Ambrosio 12;
12.Bonanomi 9;
13.Chandhok 7;
14.Soucek, Hanley, Pavlovic 6;
17.Filippi 4;
18.Schlegelmilch 3;
19.Valerio, Nunes 2;
21.Tung 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *